QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Papa-Léguas ou Coiote?


Quando o assunto é motivação, todo mundo responda em coro comigo: devo ser igual ao...?
Isso mesmo, igual ao coiote. Embora todos admirem mais o Papa-Léguas, é o coiote que é mais motivado. Por isso, precisamos ter a motivação dele.

Eu disse a motivação do coiote, e não os resultados que ele obtém.

Poxa, o cara vive levando pancada, erra, cai, se arrebenta, morre, ressuscita, cai de novo, morre de novo, e nunca desiste. 
Isso sim é motivação.

E veja, além de motivado, ele é, de certo modo, inteligente. Ele traça planos mirabolantes, e até tem ideias boas.
Dentro dessa analogia, o que podemos aprender na nossa carreira, empresa, e em nossa vida com o coiote?

  • Motivação não basta: sim, motivação é vital, mas, muita motivação empregada no lugar errado, e nas mãos erradas, pode trazer resultados piores do que para quem não é lá tão motivado. Sabia que há algo pior do que ir por um caminho errado? É ir para ele muito motivado!

  • Propósito errado: veja, o coiote parece ser inteligente, então, ele deveria usar essa competência em elaborar ideias e projetos numa causa justa, honesta, mas, infelizmente, tudo o que ele quer é destruir o papa-léguas, provavelmente por inveja. Dê uma olhada à sua volta e veja quantos coiotes estão ao seu lado, pessoas competentes, inteligentes, motivadas, mas, cujos propósitos são o de acabar com o seu negócio, sua carreira ou relacionamento. Pessoas que você mesmo colocou e vivem arquitetando planos por detrás das cortinas. 

  • Nunca desista: nesse aspecto o coiote também é incrível. Por mais sofrimento que tenha, ele jamais desiste, sempre está articulando novas formas de exterminar seu inimigo. Novamente, a questão é o propósito. Quando a gente tem ideias ruins, que fazem mal aos outros e ao mundo, não percebemos que, na verdade, o maior mal que fazemos é a nós mesmos. Por sorte, a vida não é como nos desenhos, onde “gente” ruim vive ressuscitando!


E o que podemos aprender com o Papa-léguas? 
  • A ser mais esperto, rápido e honesto que os coiotes. 
  • A fugir de gente coiote, afinal, o próprio Salomão já disse em Provérbios: “Não fales ao ouvido do tolo, porque desprezará a sabedoria das tuas palavras”.
  • Possivelmente, se o Papa-léguas fosse aconselhar o coiote, seria nesse momento que este acabaria com sua vida.

Se agirmos como o Papa-léguas o coiote nunca nos alcançará.

Grande abraço, fique com Deus, sucesso e felicidades sempre!

Nenhum comentário:

Postar um comentário