QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Estou a procura do Follow up e do Feedback. Conhece?


Se existem dois conceitos famosos e citados na gestão, esses são, sem dúvida, o Follow up e oFeedback.
Mas a sua fama não corresponde à sua utilização. Se tomarmos a literatura sobre gestão, certamente os conceitos estarão citados e explicados com um 100 números de exemplos do seu sucesso. O mesmo ocorre nos seminários, workshops, reuniões e discussões gerenciais. Todos os envolvidos citam, falam, mas quase não praticam.
Saber o conceito, estar consciente do seu valor não basta. A essência do conhecimento passa obrigatoriamente pelo seu uso no dia a dia.
Não há necessidade de discutir a importância dos termos, visto que “dar retorno” e “acompanhar” um processo, a implantação de uma tecnologia ou o lançamento de produtos são fundamentais. 
O sucesso depende dessas iniciativas.
Mas por que são tão famosos e pouco usados (ou usados de forma incorreta)? 
Talvez pela dificuldade do uso. “Dar retorno” e “acompanhar” parecem tarefas simples, mas, na realidade, estão baseadas nas relações humanas existentes na organização.
E, como sabemos, todas as relações humanas definem-se num continuo processo de compreender as expectativas, receios, retribuição, confianças, etc. 
Ao “dar retorno” de um trabalho ou de uma atitude para alguém, você esta lidando com um universo imenso de emoções e sentimentos, além dos aspectos técnicos e da experiência que isso requer.
Na carreira, “dar retorno” e “acompanhar” tornam-se fundamentais tanto para o líder, como para o liderado. 
Não recomendo mais cursos sobre Feedback e Follow up. A única forma de aprender é praticando.
Se você não está praticando, comece…

Carlos Faccina - http://colunas.revistaepocanegocios.globo.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário