QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

PROFISSIONAL DE MARKETING


Este artigo tem como objetivo discorrer sobre a nova visão tecnologia se adequam ao mercado econômico e a sua readequação as estratégias para atingir seus objetivos em nossa sociedade capitalista que visa o lucro, mas essa aprendizagem pode ser dificultada pela falta de visão, o não posicionamento tecnológico e a busca de resultados dos administradores, sabendo buscar de forma correta, podem utilizar as ferramentas ajudando as organizações diminuir tempo e a alcançar a equidade empresarial, neste trabalho essa visão ocorre através das disciplinas propostas de Marketing, Pesquisa de Mercado, Negociação, Metodologia Científica. não pode ser esquecido é o fator socioeconômico, onde antes se vivia em um mundo divididos por classes, sendo uma predominante hoje á uma equidade nas classes mais baixas, com agora poder de aquisição.

Tecnologia e inovação estão intimamente ligados, no sentido que o administrador atual ter que saber conciliar e ponderar muito bem, levando em consideração a população que vive em derredor, se preocupando com os impactos que suas decisões possam causar.

Com a finalidade de tornar as empresas mais competitivas surgiu um estudo que se pode ter as verdadeiras necessidades do cliente, a Pesquisa de Mercado que é uma ferramenta importante para que você obtenha informações valiosas sobre o mercado em que atua ou pretende atuar, o que precisa melhorar. Tanto quanto maior o sua informação sobre o mercado, clientes, fornecedores, concorrentes, melhor será o atuação do seu empreendimento.

A modernidade é uma questão bastante discutidas no novo mundo, analisando correntes, teorias e movimentos ditos pós-modernos, Giddens explica que partir da compreensão da natureza e da própria modernidade, para concluir-se que o que conhecemos tão pouco a expressão "pós-moderno" que ele cartear-se a um período em que "as decorrências de nossa modernidade estão se tornando mais radicalizadas e universalizadas do que antes”, tal afirmação também é vivida no intimo das organizações.

Traduzindo para a visão humanista, um dos mais importantes ideais da modernidade é, ainda é sem dúvida ou deveria ser, a igualdade civil entre todos os indivíduos munidos de razão, de forma, que agora transformados em trabalhadores livres e cidadãos autônomos. Este ideal em uma sociedade que é extremamente capitalista esta ficando cada vez mais obsoleto, hoje se precisa saber o que quer e aonde se quer chegar e estabelecer metas para não ficar para trás.

No caso da Microsoft é visível que ela demorou a readequar sua tecnologia para acompanhar um mundo cada vez mais moderno e dinâmico, seja por inabilidade, gerencial ou por confiar de mais em sua estrutura, não procurando programar novas pesquisas em saber o que o seu cliente realmente precisa, e seus anseios no novo mundo virtual, ou seja não adianta incluir em um equipamento ou sistema um novo recurso somente porque se trata de uma novidade, é preciso identificar qual será a utilidade deste novo recurso para o usuário final, e de que forma irá agregar em valor e funcionalidade, para que o mesmo não fique frustrado.

A velocidade em que novas tecnologias surgem é impressionante, no caso envolvido no estudo, o tempo, em que os sistemas operacionais como conhecemos hoje vão passar por mudanças na forma utilizada hoje, já é notório, veja que para acessar os programas e utilizá-los. Um exemplo claro é o tablete que com a popularização da tecnologia touchscreen; a Microsoft, amplamente conhecida em ter seu sistema operacional com interface apresentada como “Área de trabalho com janelas”, já tentou quebrar o protótipo com o Windows 8. Observando-se que com o acelerado e constante mercado tecnológico, as maquinas serão lançadas com sistemas que passem a ser mais adaptados para telas sensíveis ao toque, até que modelo atual seja totalmente substituído.

A solução para a Microsoft seria investir pesado em pesquisa, para saber onde focar a mudança, já que estamos expostos a má qualidade de serviços e de operação seja na telefonia, meio eletrônico e virtual.

CONHECENDO MELHOR O CONCORRENTE

Um dos cuidados que as empresas devem ter é o conhecimento de mercado, estar atento ao seu concorrente, estar atento não é trapacear, nas relações comerciais o quanto mais honesto e transparente melhor é para a sua imagem, que vale muito. Em cima do que foi discorrido podemos falar sobre o marketing estratégico.

Estratégia poderia ser definida como uma ligação entre o que se quer e a prática necessária para alcançar aqueles objetivos traçados e estudados minuciosamente, ainda o processo de estratégia poderia compreender o incrementar de objetivos (ADCOCK, 2000). As metas sempre indicam aquilo que uma unidade de negócio tem como meta e deseja alcançar; depois que todos os dados e metas estiverem traçados a estratégia pode também ser é um plano de como chegar lá e define-se estratégia como a obra de uma disposição única e de valor abrangendo um diferente conjunto de atividades envolvidas (KOTLER, 2000).

O marketing estratégico tem uma visão baseada no marketing que observa o indivíduo, valorizando não do produto mais sim o serviço e a sua satisfação. Buscando um diferencial, buscando sempre seguir a evolução do mercado, segmentado para melhor atender as necessidades.
  • O produto na prestação de serviços
Em relação ao produto, quando se lança um produto, o que se espera é que ele seja bem aceito, e ainda mais, que sua vida útil seja longa e produtiva com efeito em cadeia. Contudo, se sabe às vezes não funcionam bem assim o produto não venderá para sempre, ou seja, ele possui um “ciclo de vida”. A não ser que se façam adequações e pesquisa de mercado, e se invista pesado em propaganda para o torna-lo sempre jovem, um bom exemplo é a Coca-Cola.

Maneira que produto é algo tangível onde pode ser oferecido a um mercado para satisfazer necessidade ou anseios, os produtos comercializados podem ser bens físicos, serviços, experiências, pessoas, lugares, títulos patrimoniais, organizações, informações e ideias.
  • O mix de comunicação
A comunicação é uma das ferramentas mais valiosas para uma empresa, através dela se o processo de divulgação e até mesmo o de venda, sem se falar na comunicação interna realizada pelo corpo da empresa, quando se tem que vender algo se tem o MIX DE COMUNICAÇÃO que são as Variáveis de comunicação capazes de divulgar e atingir com maior efeito e eficácia os desígnios almejados, ele se divide em cinco formas básicas:

PROPAGANDA: qualquer forma de apresentação e promoção não-pessoais de ideias, mercadorias ou serviços por um anunciante identificado. 

PROMOÇÃO DE VENDAS: uma variedade de incentivos de curto prazo para encorajar a experimentação ou a compra de um produto ou serviço. 

RELAÇÕES PÚBLICAS E PUBLICIDADE: uma variedade de programas elaborados para promover ou proteger a imagem de uma empresa ou de seus produtos. 


VENDAS PESSOAIS: interação pessoal (cara a cara) com um ou mais compradores potenciais visando apresenta produtos ou serviços, responder perguntas e tirar pedidos. 

MARKETING DIRETO: utilização de correio, telefone, fax, e-mail ou Internet para se comunicar diretamente com clientes específicos e potenciais ou lhe solicitar uma resposta direta.

As variáveis ambientais que influenciam no processo de negociação.

A negociação dentro de uma empresa se tornou uma competência bastante requisitada na atuação profissional administrador, a ser repassada para seus colaboradores, uma vez que este lida diretamente com dois públicos muito conflitantes: na interação como interno e o externo sempre que se faz necessário a mediação é fundamental o conhecimento de técnicas, táticas, estratégias e comportamentos negociais, tais conhecimentos se adquire na vivencia ou até mesmo através de profissionais docentes conhecedores do assunto. O administrador se depara diariamente com conflitos organizacionais internos, nos diversos âmbitos, seja no interno ou externo.

Concorrência é o estado habitual e ocorre com produtores e consumidores, mas acontece principalmente entre uns ou outros segundo as condições do mercado, ela deve ser sadia, sem trapaças e mais clara possível, pode-se definir também como primeiro motor da atividade, o mais poderoso estimulante de todas as rivalidades que ocorrem entre empresas do mesmo segmento que desejam vender seus artigos de mesma classe, ou entre vários consumidores.

Risco na administração é usado para definir uma categoria de análise associada às noções de incerteza, na tomada de decisão, sabendo que se pode ganhar ou perder ou ocorrer de forma a causar impacto nos objetivos. Assim é uma consequência da decisão livre e consciente de expor-se a uma determinada situação.

Tempo na administração o fator tempo é muito importante, saber usá-lo para realizar as atividades que você considera prioritárias, profissional ou pessoalmente. Quem administra o tempo, aumenta sua produtividade. Ser produtivo é fazer aquilo que consideramos importante e prioritário com a menor quantidade de recursos possível. Em uma negociação ele pode ser decisivo, quem pretende fechar um negocio precisa ter em mente todas as etapas assim ganhará tempo para sua realização.

Informação define-se como o resultado do gerenciamento e organização de dados como são usados, de maneira que conceba uma modificação na ação quantitativa ou qualitativa do conhecimento do sistema, com a crescente inovação tecnológica se faz necessário ter um leque de informações para a empresa ter sucesso em seu plano de gestão.

CONCLUSÃO

Na realidade a sociedade vive uma busca constante por novas tecnologias, o administrador tem que ter em mente é a busca pelo ponto de equilíbrio, no caso da Microsoft faltou uma pesquisa de mercado aplicada aos seus softwares, engane-se quem pensa que ela é uma empresa falida, potencial tem de sobra para alavancar, o que falta é uma estratégia especifica para sua situação.

Conclui-se que há a uma preocupação com um todo que rumos a economia vai tomar, quais as novas tecnologias surgiram como ela influenciará os dias atuais com um todo, através de grandes debates. Existe também a escolha feita pelos agentes econômicos, de que forma essas escolhas afetam o cotidiano da população influenciando através do mercado de bens e serviços definida como microeconomia e os impactos da economia internacional na economia interna.


POR: RONALDO DA SILVA RODRIGUES - www.portaleducacao.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário