QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

O Papel do Administrador Financeiro


Diversas áreas de conhecimento são exigidas do administrador financeiro, que deve ter um ótimo relacionamento com os clientes internos e externos. 

Suas tomadas de decisões diárias exigem um bom domínio de conhecimento de áreas como: contabilidade, necessitando de noções avançadas, pois trabalhará com as demonstrações financeiras emitindo sua opinião sobre os resultados e a saúde financeira da empresa

É imperativo saber interpretar as demonstrações financeiras. 


No campo administrativo, deverá dominar as técnicas de administração, administração de pessoal além de conhecimentos na área econômica buscando uma visão macro do mercado.



A matemática financeira, é o “café da manhã” do administrador financeiro. Seu constante contato com instituições financeiras para negociações de juros, taxas, descontos, pagamentos antecipados, prazos médio, enfim, todas as atividades bancárias, além de fornecedores e clientes, fazem deste tema fundamental para o seu dia a dia.


Além destes podemos citar como básicos os conhecimentos do administrador financeiro em Informática, Direito, Meio Ambiente, Marketing, e Comunicação.

No trabalho diário o maior desafio do Administrador Financeiro é coordenar o equilíbrio entre a Liquidez e Rentabilidade. 

A Liquidez é a capacidade da organização de estar sempre com as suas finanças para que nunca falte recursos na hora de honrar os compromissos. 

Um instrumento infalível nesta hora é o Fluxo de Caixa, onde são projetadas todas as entradas e saídas de recursos, possibilitando uma visão de curto , médio e longo prazos do fluxo monetário da empresa. 

Com o Fluxo de Caixa, é possível verificar se haverá capital disponível para a empresa e com isso, tomar as devidas providências. 

A Rentabilidade, é a capacidade da empresa investir seus recursos, oriundos das suas operações e determinados no Fluxo de Caixa. Investir em itens necessários para a manutenção da produção (estoques) e conseguir fazer com que este estoque se transforme em dinheiro retorne, com os resultados (lucros) desejados novamente para o fluxo de caixa.

Enfim, é um profissional que cuida das finanças de uma empresa, honrando os compromissos nas datas dos vencimentos, captando recursos quando necessário, ou aplicando as sobras em investimentos atraentes, visualizando possibilidades de investimento em novos projetos.
Por: Gilson Luis Kolenez - http://www.artigos.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário