QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Os Sete Pecados do Excesso de Autoconfiança

Excesso de autoconfiança: claro que todas pessoas, e principalmente os gestores, precisam ter autoconfiança. 
A autoconfiança é imprescindível para dar forças para vencer os obstáculos, e para infundir confiança entre sua equipe. No entanto, o excesso de autoconfiança pode ser perigoso. Listamos aqui alguns problemas oriundos do excesso de autoconfiança.  

Excesso de autoconfiança – pecado 1

Vai dar certo! Muitos de nós temos o hábito de crer que as coisas “dão” certo, e torcemos, e acreditamos que assim será. Mas, “dar” certo é fruto do acaso… é uma loteria, onde você pode vencer ou perder, de forma aleatória. As coisas têmque “ocorrer” certo! Qual a diferença? Enquanto “dar” certo tem o viés do acaso, da aleatoriedade, “ocorrer” certo remete ao roteiro, ao planejamento.
Dar certo é para quem não planejou! Para quem planeja, as coisas ocorrem certo!

Excesso de autoconfiança – pecado 2

Ser ousado, mas irreal! Uma característica dos empreendedores é serem ousados, o que é uma virtude. Porém, ousar demais, sem uma pitada de prudência, é expor-se em excesso aos riscos.
Um possível exemplo real deste pecado pode ser visto na derrocada das empresas X.

Excesso de autoconfiança – pecado 3

Sou o número 1 deste mercado! De fato, você pode ser  líder no seu mercado, ou o destaque em sua posição, a estrela de sua empresa, porém, em um mundo tão inovador, as lideranças mudam muito rapidamente! Faça um retrospecto de marcas famosas de celulares, computadores, softwares, executivos, e veja como é grande a rotatividade de posições.

Excesso de autoconfiança – pecado 4

Excesso de autoconfiança – ignorar riscos
Não gerenciar os riscos! Riscos existem em todo modelo de negócio, porém riscos não devem ser apenas aceitos como “atos de Deus”. Riscos devem ser analisados, qualificados e quantificados, para que se estabeleçam medidas corretivas, preventivas, enfim, que se crie um Plano de Resposta aos Riscos.

Excesso de autoconfiança – pecado 5

Eu conheço o negócio! Os modelos de negócio estão mudando muito rapidamente, então você tem que ser adaptativo. Alguns exemplos:
Há muitos anos, existiam as locadoras de fitas VHS. Rapidamente, as fitas VHS deixaram de existir, e surgiram os DVD’s. Até aí, foi fácil as locadoras se adaptarem. A quantidade de títulos aumentou, e surgiram as grandes locadoras, tais como a Blockbuster. Mas o modelo de negócios mudou, e hoje os filmes são baixados pela Internet através de Netflix ou similares, não havendo mais necessidade do arquivo do filme em meio físico. E a gigante Blockbuster virtualmente desapareceu.
Baixe um guia de profissões: quantas daquelas profissões NÃO existiam há cinco, dez anos atrás? Inúmeras.
Então, o cenário está em mutação constante. Em momento algum confie no seu conhecimento do modelo de negócio.

Excesso de autoconfiança – pecado 6

Excesso de autoconfiança – aplicar todo o capital
Apostar todo seu capital na oportunidade!Este é um pecado que você não deve cometer, independente do seu projeto ou negócio vai dar certo ou não. É porque outras oportunidades podem surgir, que também demandem capital. Ou então, o seu negócio pode requerer um capital extra. Então guarde sempre uma reserva estratégica.

Excesso de autoconfiança – pecado 7

Não zelar pela segurança da informação!Claro que você deve compartilhar com sua equipe suas metas, divulgar alguns planos pra o mercado, mas aquelas informações que você sabe que são vitais para o sucesso do seu negócio, estas você deve guardar para si.
Informações estratégicas devem ser bem guardadas. Em tempos de Edward Snowden, de Wikileaks, todo cuidado é pouco.
Por:   - http://blogtek.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário