QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

sábado, 15 de setembro de 2012

Azulejo Português / São Luís - Maranhão - Brasil


Azulejo Português / Portuguese Tiles - São Luís - Maranhão - Brasil


"SAO LUIS DO MARANHAO - 400 ANOS"
O termo azulejo designa uma peça de cerâmica de pouca espessura, geralmente, quadrada, em que uma das faces é vidrada, resultado da cozedura de um revestimento geralmente denominado como esmalte, que se torna impermeável e brilhante. 
Esta face pode ser monocromática ou policromática, lisa ou em relevo. O azulejo é geralmente usado em grande número como elemento associado à arquitetura em revestimento de superfícies interiores ou exteriores ou como elemento decorativo isolado.
Os temas oscilam entre os relatos de episódios históricos, cenas mitológicas, iconografia religiosa e uma extensa gama de elementos decorativos (geométricos, vegetalistas etc) aplicados a parede, pavimentos e tectos de palácios, jardins, edifícios religiosos (igrejas, conventos), de habitação e públicos.
Com diferentes características entre si, este material tornou-se um elemento de construção divulgado em diferentes países, assumindo-se em Portugal como um importante suporte para a expressão artística nacional ao longo de mais de cinco séculos, onde o azulejo se transcende para algo mais do que um simples elemento decorativo de pouco valor intrínseco. 
Este material convencional é usado pelo seu baixo custo, pelas suas fortes possibilidades de qualificar esteticamente um edifício de modo prático. Mas nele se reflete, além da luz, o repertório do imaginário português, a sua preferência pela descrição realista, a sua atracção pelo intercâmbio cultural. 
De forte sentido cenográfico descritivo e monumental, o azulejo é considerado hoje como uma das produções mais originais da cultura portuguesa, onde se dá a conhecer, como num extenso livro ilustrado de grande riqueza cromática, não só a história, mas também a mentalidade e o gosto de cada época.
Atualmente, a procura por azulejos tem se dado menos por seu valor decorativo e mais por suas características impermeabilizantes, sendo muito utilizado em cozinhas, banheiros e demais áreas hidráulicas.

In Portugal, azulejos are found on the interior and exterior of churches, palaces, ordinary houses and even train stations or subway stations. They constitute a major aspect of Portuguese architecture as they are applied on walls, floors and even ceilings. They were not only used as an ornamental art form, but also had a specific functional capacity like temperature control at homes. Many azulejos chronicle major historical and cultural aspects of Portuguese history.
From Wikipedia!


Historia de São Luis - Maranhao:

"As técnicas conhecidas atualmente por nós são um conjunto de experiências acumuladas por milênios, que tem inicio no antigo oriente. 
Os azulejos já eram conhecidos e usados no antigo Egito, Babilônia, pérsia, caldeia, assíria. Porem a grande contribuição foi dos árabes do qual esta arte entrou na Europa através da colonização árabe na península ibérica (Espanha e Portugal). 
A arte árabe de pintar azulejos desenvolveu-se sob a forma de ornamentos geométricos ou florais pelo simples fato de que o maometanismo proibia a ilustração de figuras humanas por causa da idolatria. 
Essa forma de expressão artística ficou conhecida como arabescos, foi largamente usada na decoração de palácios e mesquitas. Já na Península Ibérica os portugueses e espanhóis mudaram o estilo criando paisagens e motivos religiosos para igrejas. 

Na América a grande influência foi espanhola e portuguesa, sendo que os portugueses introduziram a pintura em azulejos no Brasil. No Brasil houve também influência francesa e holandesa. Os franceses deixaram alguns azulejos em São Luiz do Maranhão ao lado dos azulejos portugueses. 

Já os holandeses durante o período de ocupação em Pernambuco desenvolveram um estilo diferente dos tradicionais motivos religiosos portugueses, os holandeses usavam-no para decorar casas ou pintavam figuras em azulejos isolados. 
Porem a grande influência brasileira ainda é a influência portuguesa e espanhola que perdura até hoje."
Fonte: IBGE

Nenhum comentário:

Postar um comentário