QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Bitcoin, uma breve introdução...E se Dinheiro fosse Virtual?

Imagine uma moeda virtual que você possa guardar no seu celular, tablet ou computador pessoal. Imagine você transferir esse dinheiro para um amigo pessoalmente, de um celular para o outro, ou fazendo/recebendo um pagamento numa loja virtual. 
Uma moeda única, universal, mundial e livre de taxas e impostos. 
Tudo feito pela internet, livremente, diretamente, anonimamente e instantaneamente, sem passar por bancos nem governos.
Não precisa mais imaginar. Há 5 anos atrás esse conceito foi publicado por Satoshi Nakamoto (pseudônimo do(s) criador(es)) e o Bitcoin já funciona no mundo inteiro, com valor acumulado de mais de 7 bilhões de dólares!
O modelo que vem crescendo
Aos poucos, algumas pessoas e empresas estão adotando o Bitcoin. Como exemplo temos o Baidu (tipo uma Google chinesa), que começou a aceitar o Bitcoin como forma de pagamento para algumas transações; e o norueguês que ficou milionário ao comprar US$ 26,60 em Bitcoins há 4 anos atrás.

Se você tivesse comprado R$ 100 em Novembro do ano passado, hoje você teria uns 2,8 mil reais!
Se você tivesse comprado R$ 100 em Novembro do ano passado, hoje você teria uns 2,8 mil reais!

  • No Brasil o Bitcoin ainda é fraco, mas você pode ver algumas lojas que já aceitam a nova moeda neste site. Até a revista Super Interessante já está entrando na “brincadeira”.

Existe um limite de 21 milhões de Bitcoins criadas (hoje está em 11 milhões) e não há um uma entidade manipuladora (como bancos e governos), o que torna uma moeda livre de inflação. E como na teoria a demanda pela moeda é cada vez maior, a moeda cada vez se valorizará mais e mais. 
Semana passada mesmo um Bitcoin ultrapassou a casa dos R$ 1.000,00, mas também é possível comprar frações.
E tudo isso não é por acaso. Que a tendência no mundo seja virtualizar tudo que é possível, isso ninguém mais discute. Mas o Bitcoin tem como base a escola austríaca (o qual não vou me aprofundar, mas estou deixando alguns links ao final do post com mais informações para quem tiver interesse).
Problemas

Também existe a incerteza da ideia. Apesar do alto crescimento, ainda é considerado um investimento de risco.
E livre de impostos até quando? Uma hora os governos vão querer ganhar em cima disso.
Litecoin
  • Há também quem aposta no Litecoin, o mesmo conceito só que com algumas melhorias tecnológicas (reescritas por um ex-engenheiro da Google) em relação ao Bitcoin. No entanto, o Bitcoin saiu na frente e hoje ele vale muito mais, apesar de o Litecoin também estar crescendo.

Conclusão
O Bitcoin hoje é uma moeda em crescimento e um investimento para o futuro. São poucas as pessoas e empresa que utilizam, mas imagine o dia em que alguma gigante como Google ou Facebook aceitar? 
Quem investir hoje, há grandes chances de se tornar novos bilionários num futuro não muito distante. Se você gostou da ideia mas ainda tem certa insegurança, faça que nem Kristoffer Koch, coloque uma graninha que não lhe doa o bolso, seja R$ 10 ou R$ 100, pois se tudo der certo, é só alegria!
E o seu empreendimento? Quando vai aceitar pagamentos em Bitcoins? Talvez ainda seja cedo para se tornar algo viável, mas que tal ser um dos primeiros?
Por:  - http://www.saiadolugar.com.br/

Um comentário:

  1. Qual seu email? Sou entusiasta do bitcoin em São Luis. Criei um grupo no Whatsapp sobre o assunto onde discutimos os assuntos relacionados a Bitcointoyou, as notícias sobre e tiramos dúvidas de pessoas que tem interesse. Agradecerei se pelo menos me retornar um email ou mensagem pelo Whatsapp. fellipe_and@hotmail.com ou (98) 983418270 me chamo Fellipe Anderson, graduando em Psicologia é apaixonado por empreendedorismo.

    ResponderExcluir