QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

sexta-feira, 17 de abril de 2015

17 MANEIRAS FÁCEIS DE SE TORNAR MESTRE NA ARTE DO NETWORKING

Imagine a seguinte situação: você está sozinho em um evento. De repente, seu coração começa a bater um pouco mais rápido que o normal e o seu carisma e charme simplesmente desaparecem. Você procura por alguém na mesma situação, mas percebe que está perdido em um mar de estranhos. Por outro lado, todos ao seu redor parecem felizes e empolgados em alguma conversa. 
A descrição acima se parece muito com a experiência de um jovem em seus bailes de escola, mas, na verdade, essa é a reação de muitas pessoas quando estão em um evento de networking. Mesmo para os mais extrovertidos, é natural esse sentimento. A boa notícia é que as pessoas que vão a esses eventos estão ali justamente para conhecer estranhos. Então, respire e relaxe: você está exatamente na mesma situação de todos. 
Mas se isso não é suficiente para você se acalmar, a Time reuniu 17 dicas que vão te ajudar a aproveitar da melhor maneira possível o seu tempo em um evento de networking:
# Encontre um bar
Mesmo se não for beber é sempre uma ótima se posicionar próximo ao bar. Muitas pessas dão uma fugidinha até lá nesse eventos, para descansar um pouco entre uma conversa e outra. Posicione-se a alguns passos do bar e você poderá conversar facilmente com as pessoas que estão saindo de lá com um drinque na mão.

# Seja você mesmo

Eventos de networking são vistos como ponto de partida para a construção de novas relações. Se você não for você mesmo, estará começando uma nova amizade com uma mentira. Não tente ser a pessoa que acredita que os outros desejam conhecer. Seja genuíno e autêntico. 


# Defina sua expectativas

Quando frequentar um evento, saiba o que você deve fazer ali. É o seu objetivo conhecer cinco novas pessoas? Ou você quer conhecer uma ou duas pessoas específicas? Defina suas expectativas e trace um plano para alcançá-las. 


# Não seja disperso

Começe frequentanto vários eventos, de diferentes organizações, e depois comprometa-se com apenas alguns. Você deseja se tornar alguém assíduo aos eventos, mas quando você chega a um novo lugar, onde ninguém te conhece, você está fazendo um desserviço por ter que construir sua reputação do zero em cada ambiente. Além do que, é muito mais divertindo quando você se torna um convidado regular. As pessoas vão "cantar" suas qualidades aos novos participantes e você verá vários rostos familiares. 

# Tome notas
Quando você pedir o cartão de alguém após uma ótima conversa, anote no verso algumas informações que julgar relevante. Isso o ajudará a ser mais especifico quando precisar encontrá-la novamente.

# Apresente-se ao organizador do evento 
Uma ótima maneira de conhecer mais sobre a organização em que está envolvido é procurar o organizador. Além do mais ele pode apresentá-lo a outros participantes. 

# Trate as pessoas como amigos

Quando você vê um amigo, você interrompe a sua conversa, entrega um cartão de visitas, fala sobre você e depois vai embora? Claro que não. Trate as pessoas, como você trata um amigo. Construa um relacionamento e tenha confiança que o negócio irá acontecer. 


# Faça boas perguntas

A única maneira de conhecer alguém é fazendo perguntas que as façam pensar. E tenha em mente que a melhor maneira sair de uma conversa é deixando a pessoa pensar que falou mais do que você. Isso a fará ter uma boa perspectiva sobre o diálogo e você sairá sabendo mais sobre ele/ela.


# Compartilhar é importante

Se você está disposto a compartilhar seus contatos e recursos, os outros também estarão mais disponíveis para te ajudar. Mas, desenvolva uma sincera falta de expectativas quanto a receber algo em troca - nem sempre acontece. 


# Considere a rede deles

Quando você conhece alguém, é importante lembrar que mesmo que a pessoa não possa te ajudar, ela provavelmente conhece alguém que atenda as suas necessidades. 


# As conexões são como um quebra-cabeça

Se você está fazendo boas perguntas e está disposto a ajudar as pessoas, você poderá naturalmente ligar a pessoa com quem você está conversando com outras de suas conexões. Se ofereça para criar esses novos vínculos. Talvez sejam duas pessoas que têm o mesmo público-alvo ou talvez você saiba que um contato seu está procurando o serviço que outro fornece. Incentivar ambas as partes a interagirem ajudará você a aprimorar suas habilidades de relacionamento social.

# Não seja um um spam de cartões de visita
A pior coisa a se fazer é distribuir seus cartões de visitas para qualquer um e todos que você conhece sem eles pedirem. Se você não construiu uma conexão suficiente para a pessoa pedir o seu cartão, não ofereça um.

# Seja específico
Quanto mais espefíco você for sobre o que faz e sobre o que os outros podem fazer para te ajudar (se eles perguntarem), melhor. Diga eles nomes de algumas empresas que você gostaria de trabalhar em parceria. 

# Pergunte-se porque eles deveriam se importar

Considere o porque da pessoa com quem está conversando deveria se importar com o que você está dizendo. Tenha astúcia para fazer suas conversas funcionarem. Você tem pouco tempo para impressionar, tente fazer isso da melhor maneira possível. 


# Seja engajado

Mantenha contato visual com quem você está conversando. Acene com a cabeça e incline o corpo em direção a pessoa. Esses pequenos gestos significam grandes coisas. Fazem as pessoas perceberem que você se importa, o que te ajuda a ganhar confiança da fundação com quem você poderá fazer negócios mais na frente. 


# Não seja rápido

Não tente conhecer as pessoas rapidamente, tenha foco em fazer poucas, mas sólidas, conexões. As pessoas sentem quando você está conversando com elas simplesmente para pegar seu cartão e ir embora. Essas pequenas interações não serão memorizadas e portanto são ruins para você. Prefira conhecer menos e ter diálogos significativos. 

# Não tenha medo de começar
Não há nada de errado em iniciar uma conversa, mas espere a hora certa para se apresentar de maneira natural. Na maioria dos casos, a pessoa gostará de que você finalize a conversa, pois isso dará a ela a chance de conhecer novas pessoas. 

Agora você está preparado para encarar seu próximo evento de networking e conseguir contatos significativos no processo. E lembre-se, converse com estranhos!

Copiado: http://epocanegocios.globo.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário