QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Como convencer sua equipe da importância dos treinamentos

Por Eugênio Sales Queiroz

Sempre que um gerente, supervisor ou diretor de uma empresa convoca os funcionários para participarem de um dia ou mesmo um fim de semana de treinamento, a “boca miúda” se escuta nas paredes, não tão surdas, da empresa: “De novo”, “Treinamento é tudo a mesma coisa”, “Não aguento mais aquele falatório sobre precisarmos melhorar nisso, naquilo, etc.”.

Esses comentários, muitas vezes, acontecem, porque os eventos promovidos pela empresa não se modernizaram, ou seja, reúnem-se todos os funcionários num auditório e alguém fica lá na frente passando um discurso monótono, o que os deixa exaustos e irritados.

E como mudar esse comportamento por parte dos seus liderados? Existem meios para que tais encontros possam ser mais motivadores?

Aqui vão algumas dicas simples, porém objetivas, para que, no próximo treinamento que sua empresa for promover, a atenção de todos os participantes seja conquistada:
  • Leve os treinamentos da sua empresa a sério. Para isso, organize tudo com antecedência, pense em todos os detalhes possíveis, como: local, temperatura ambiente, material a ser usado, tipo de lanche a ser servido, etc.
  • Elabore um supercomunicado de convocação, algo menos informal. Você pode iniciar o convite da seguinte forma: “Neste sábado, nossa empresa convida a todos para um encontro superespecial, em que sua presença fará muita diferença”.
  • No dia do evento, receba na porta todos os funcionários com um aperto de mão e um sorriso de boas-vindas. Essa sua atitude valorizará cada membro da sua equipe.
  • A abertura precisa ser a mais descontraída possível. Pode ser com música dançante e com uma pequena ginástica para alegrar a todos.
  • O uso de data-show é importante para dar uma sequência lógica ao que está sendo explanado.
  • Programe paradas regulares para lanches rápidos e cafezinho.
  • Limite o tempo de cada um que for falar para não ficar um encontro chato e enfadonho.
  • E uma dica de ouro: reserve um tempo para ouvir os participantes. Com absoluta certeza, eles desejam ser ouvidos também.
  • Por último, se possível for, termine com uma oração ecumênica e providencie uma música alegre para que todos possam se abraçar no fim do “animado” e importante encontro.
O que sua empresa pode ganhar promovendo encontros regulares e seguindo as orientações citadas:
  • Os funcionários começarão a interagir melhor nesses encontros.
  • A monotonia não terá mais vez. Sendo assim, os treinamentos terão uma maior chance de sucesso.
  • As informações serão bem mais aceitas e posteriormente colocadas em prática.
  • Você estará motivando e valorizando sua equipe de trabalho, que, com o tempo, passará a usar melhor o espírito empreendedor de liderança.
Agora, amigo e amiga líderes, é com vocês. Mãos à obra e muito mais sucesso nos seus encontros com seus "guerreiros-companheiros" de trabalho.
Para pensar
“Reunir-se é um começo, permanecer juntos é um progresso e trabalhar juntos é o sucesso”
Henry Ford

Nenhum comentário:

Postar um comentário