QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Análise SWOT - Um Guia Prático em 5 Passos

A análise SWOT é um acrônimo formado pelas palavras inglesas Strengths (forças), Weaknesses (fraquezas), Opportunities (oportunidades) e Threats (ameaças), que consiste em uma lista de prós e contras que auxiliam a gestão da organização na tomada de decisão. Os elementos integrantes da análise SWOT podem ser observados na figura abaixo.
Desenvolvida pela escola do design, do grupo de administração geral da Harvard Business School, o modelo proposto consiste em formular estratégias que busquem atingir uma adequação entre as capacidades internas e as possibilidades externas à organização. Atribui-se, no entanto, a Sun Tzu, em seu livro A Arte da Guerra, a base do pensamento da SWOT. O objetivo principal da SWOT é realizar um levantamento do estado atual da organização considerando dois ambientes: 
Ambiente Interno: Composto por Forças e Fraquezas.  
Forças são as características positivas internas que a organização pode explorar para atingir suas metas. Exemplo: processos organizacionais bem definidos, equipe treinada e capacitada, produtos de alta qualidade. Já as fraquezas são as características negativas internas que podem inibir ou restringir o desempenho da organização. Exemplo: falta de planejamento estratégico formal, ausência de controle financeiro, falta de investimento em capacitação. 
Ambiente Externo: Composto por Oportunidades e Ameaças.
Entende-se por oportunidades as características do ambiente externo, não controláveis pela organização com potencial para ajudá-la a crescer e atingir ou exceder suas metas planejadas. Exemplo: realização de parcerias, novas tendências de mercado, mudanças no gosto do consumidor. Já as ameaças são as características do ambiente externo, não controláveis pela organização que podem impedi-la de atingir as metas planejadas e comprometer o crescimento organizacional. Exemplo: novos concorrentes, produtos substitutos, mudanças na legislação que afetam negativamente a organização.
 Como elaborar uma análise SWOT?  Abaixo você pode conferir os cinco passos que poderá utilizar quando for elaborar a análise SWOT de sua organização ou da organização onde você trabalha ou presta serviço.
1º passo – Workshop com a gestão 
Realize um workshop com os principais gestores da organização (quão mais alta for à hierarquia melhor) para iniciar um levantamento referente aos ambientes interno e externo à organização. Nesse primeiro momento é importante tentar absorver ao máximo a percepção dos gestores referente às forças, fraquezas, oportunidades e ameaças que influenciam e impactam a organização. Os principais gestores têm uma visão ampla do negócio e conseguem entender bem os pontos positivos e negativos relacionados aos ambientes. 
2º passo – Entrevista com os colaboradores 

Após o workshop com a gestão, é muito importante elaborar uma Análise SWOT preliminar que servirá de guia durante a coleta de dados com os colaboradores. Nesta etapa, poderá realizar entrevistas individuais ou em grupos, buscando relatar a percepção dos colaboradores em relação ao ambiente interno e externo. 

Obs1: Em muitos casos os colaboradores possuem uma visão limitada do ambiente externo, contudo possuem uma percepção muito apurada do ambiente interno. Caso perceba que esta hipótese é verídica, foque seus esforços na análise do ambiente interno. 

Obs2: Caso a organização possua muitos colaboradores, de forma que inviabilize a realização de entrevistas, poderá realizar um ou mais workshops para coletar os dados.
3º passo – Observação in loco  

A observação in loco tem por objetivo verificar se os dados obtidos durante as etapas anteriores estão aproximados da realidade da organização. Nesse sentido, é importante consolidar a análise SWOT elaborada após o workshop com a gestão com os dados obtidos durante entrevista com os colaboradores. O seu papel neste momento é buscar evidências que comprovem se o que foi identificado nas etapas anteriores está de acordo com a prática diária da organização.
4º passo – Análise de mercado 
Realizada a observação in loco, provavelmente perceberá que em muitos casos, os dados relacionados ao ambiente externo também carecem de averiguação. Nessa perspectiva, poderá dedicar esforços para verificar se os aspectos relacionados ao ambiente externo estão ou não aproximados da realidade da organização.
5º passo – Validação da SWOT com a gestão 
Finalmente, é importante que ao término das etapas anteriores você consolide os dados em uma matriz conforme indicado na figura abaixo, buscando estabelecer uniformidade da análise SWOT que guiará os passos da organização nos próximos períodos. Após esta consolidação é importante marcar uma nova reunião com os gestores para validar a análise realizada.

Dicas importantes:
Importante1
A elaboração da análise SWOT é apenas o primeiro passo do gerenciamento contínuo do ambiente organizacional. Após a SWOT ser validada pela gestão é importante planejar o gerenciamento do ambiente, levando em consideração o período de validade da análise e como ela deverá ser gerenciada, monitorada e controlada.
Importante2 
A análise SWOT é uma ferramenta que compõe o diagnóstico organizacional. O diagnóstico organizacional é normalmente realizado durante a elaboração do planejamento estratégico da organização. Contudo, a rápida mudança de cenário revela que a análise SWOT deve ser uma ferramenta de uso contínuo, um hábito, um componente essencial no modelo de gestão de qualquer organização. 
Por:  - https://www.linkedin.com/pulse

Nenhum comentário:

Postar um comentário