QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, VIATNT e AGUASHOW), Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Espera Só Mais Um Pouco...

Vivemos a era fast-life... fast-life como em fast-food... tudo rápido, pronto, agora.
Estamos acelerados, ansiosos e com nosso prato mais cheio do que geralmente conseguimos lidar. Não há tempo para nos interessar, aprofundar, ou contemplar, pois estamos sempre correndo. Temos medo de perder a oportunidade e somos movidos por aquela frase “quem sabe faz a hora, não espera acontecer”...
E há várias crenças coletivas sobre o “demorar”... quem espera é lento, alienado, não tem senso de urgência... e por aí vai.
Mas... até que ponto antecipar as coisas é realmente fazer acontecer? (...) E até que ponto esperar o é?
Operadores de bolsa, estrategistas de guerra, atiradores de elite e outros... o que acontece quando eles não esperam o momento certo? Eles sabem que há um timing ideal, pois uma antecipação equivocada pode gerar grandes perdas.
Até mesmo no dia a dia. Quando não esperamos o suficiente podemos queimar a boca ou comer cru... e também percebemos a diferença no gosto de uma fruta que teve seu processo de amadurecimento acelerado pela intervenção. No coaching isso é totalmente aplicável à presença e capacidade de escuta do coach. Se ele não percebe o processo reflexivo de seu cliente e lhe dá o tempo e espaço suficiente, coisas importantes podem ser perdidas.
Sim, é verdade que não devemos simplesmente esperar a vida passar diante de nossos olhos, mas também é verdade (e muito verdade) que há momentos em que esperar pode fazer toda diferença!!! Se por um lado sentimos que ao não “fazer acontecer” vamos perder a oportunidade, por outro há vezes que as oportunidades estão há algum tempo na nossa frente, mas as perdemos por passarmos rápido demais por elas.
Há uma cena no filme American Sniper, com Bradley Cooper, em que Chris Kyle (o personagem real representado por Cooper) está sobre um telhado, posicionado para atirar em qualquer pessoa que represente uma ameaça. Em algum momento um menininho pega uma arma e Chris teria de atirar, mas ele espera o máximo que pode, até que o menino larga a arma e sai correndo. A expressão daquele atirador por não ter tirado a vida daquele menino é muito impactante... esperar mais um pouco representou a diferença entre a vida e a morte!
Eu imagino que em sua vida tenha havido momentos em que você pensou: “Ah, se eu tivesse esperado só mais um pouco...” E hoje quero convidá-lo a se dar o direito de avaliar momentos e situações em que você poderá (ou deverá), sim, esperar! Um relacionamento, uma resposta, o resultado de um investimento (de tempo ou dinheiro)...
Sabe, a vida não resulta apenas dos seus esforços e daquilo que você faz. Você representa apenas uma parte do que influencia o rumo das coisas... Há os outros... há os fatores naturais e há, ainda, aquelas coisas que só a fé explica.
Para concluir... sim, haverá momentos em que você deverá agir e antecipar... mas, definitivamente haverá outros em que esperar será a melhor resposta. Então, meu convite pra você é: aprenda a discernir os diferentes momentos e aprenda a esperar só mais um pouco...
É isso aí.
Por:https://www.linkedin.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário