QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

terça-feira, 23 de agosto de 2016

3 Atitudes "Infalíveis" de Quem Conseguiu Um Emprego

Muito se fala sobre como conquistar um emprego. Aqui mesmo já postei alguns artigos que traziam reflexões sobre esse desafio. De fato, diante do cenário atual, há uma busca incrível por um emprego de qualidade e toda ajuda que estabelece algum tipo de referência confiável é muito bem recebida, mesmo quando já se sabe que boa parte do sucesso em conquistar uma vaga, depende muito mais das atitudes e do preparo do candidato, do que das “dicas e fórmulas” apresentadas.
Na verdade, é importante saber que o recrutador estará muito mais atento às suas atitudes do que ao seu currículo. Ele buscará prioritariamente, as informações sobre como você e suas competências podem contribuir para os resultados da empresa. Além disso, estará atento em como você estabelece sua rede de relacionamentos, pois isso certamente influenciará no seu trabalho com os demais funcionários.
Então, se as atitudes são fundamentais, melhor saber quais são algumas das atitudes infalíveis que levaram muitos candidatos a conquistar seu emprego.

  • Postura pessoal - Jamais esqueça que a primeira impressão é determinante.
Muitas vezes, acreditamos que é possível mostrar como somos com o tempo e com o cenário apropriado, contudo não esqueça que na entrevista, os holofotes estão sobre você e tudo fica ampliado, ou seja, se eventualmente houver algo desalinhado, isso não será visto como um pequeno descuido, mas sim como um grande desleixo.
Claro que isso não significa ter que ir com "traje social" em todas as entrevistas, deixando a impressão de artificialidade. Melhor é pesquisar antes, qual é a cultura da empresa e se apresentar de forma equivalente. Mas saiba que essa atitude só será válida, se a cultura da empresa estiver de acordo com suas expectativas pessoais.
Vale lembrar que pontualidade é também um importante fator de avaliação de postura, por isso, seja sempre rigoroso com prazos e horários combinados.

  • Coerência digital - Nunca descuide de suas redes sociais
Houve um tempo que nossa vida pessoal era privada e somente alguns aspectos eram conhecidos publicamente. Essa realidade não existe mais, por isso é fundamental assumir o controle de tudo que é publicado sobre você nas redes sociais. 
Afinal, seja pessoal ou profissional, qualquer publicação será fonte de consulta de suas atitudes, tanto na entrevista de emprego, como quando já estiver empregado.
A melhor forma de fazer isso é manter-se atento às publicações de suas redes de relacionamentos e sempre avaliar o quanto que suas publicações, “curtidas” e “compartilhadas” podem representar sobre suas atitudes, principalmente aquelas publicações “polêmicas” ou de caráter duvidoso.

  • Planejamento e preparação – Ninguém consegue um emprego improvisando.
Nunca acredite que um emprego legal “caiu do céu”. Se alguém conquistou uma boa vaga, é porque se preparou muito. Quando estava buscando o emprego, se preocupou em estudar a empresa, mas isso é quase um “clichê” que todos dizem fazer antes de ir para uma entrevista.
Quem já conquistou uma boa vaga, teve que realmente estudar muito sobre o negócio da empresa, identificando as oportunidades em que poderia contribuir. Ele teve o cuidado de pesquisar sobre as atribuições do cargo pretendido, avaliando onde seus pontos fortes poderiam ser determinantes e se preparou muito para o momento da entrevista, algumas vezes até ensaiando essas conversas com amigos.
Claro que você pode achar que isso tudo dá muito trabalho, pois o que todos buscam é apenas um emprego que pague bem, seja divertido, permita ter vida pessoal como prioridade e que tenha um chefe legal que não pressione. Se pensa assim, boa sorte na sua busca, afinal ela até é uma boa intenção.
Agora, se você já sabe que “ter um trabalho” dá trabalho, então tenha atitudes assertivas, pois são elas que irão trazer o emprego que busca e não suas intenções.
Por: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário