QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, VIATNT e AGUASHOW), Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

10 Tipos de Métricas de RH que Você Precisa Conhecer

Não há como negar que os funcionários são os maiores ativos de uma empresa. 
Eles fazem o  trabalho da empresa, promovem a empresa aos clientes e a fazem crescer. Então, quando uma empresa contrata as pessoas certas, ela é mais do que capaz de atingir os seus objetivos. 
Mas, como os líderes de RH podem ter certeza de que eles têm as pessoas certas a bordo para ajudar a expandir a organização? Existem várias métricas de RH para monitorar isso, e que irão revelar a resposta.
A seguir estão os dez melhores tipos de análises de RH para ajudá-lo a melhor contratar e gerenciar a sua equipe:

1. Análise de Absenteísmo

Não é nenhum segredo que quase todos os funcionários vão adoecer em algum momento. O problema com funcionários ausentes é que eles têm grandes implicações de custos para uma empresa. O absentismo pode causar um serviço ao cliente ruim e prazos não cumpridos.
Você sabe quais as razões que seus funcionários têm dado para se ausentarem do trabalho? E, em caso afirmativo, quais são as mais comuns? A Análise de Absenteísmo lhe ajuda a identificar padrões de doença, e também ajuda a identificar os funcionários que mais estão ausentes do trabalho.

2. Análise de Competências

Você só quer os melhores talentos trabalhando para você. Mas, às vezes você pode não saber quais habilidades procurar nas pessoas que você precisa contratar.
A análise de competências faz duas coisas. Primeiro de tudo, ajuda a determinar quais tipos de competências você precisa em sua empresa. E, segundo, ela procura pelas habilidades que os funcionários existentes já possuem. Com esses dados em mente, agora você tem o poder de aprender sobre quaisquer lacunas de competências entre o que você precisa e o que você tem.
3. Análise do desempenho dos funcionários
Você já sabe como identificar quais as competências que a sua empresa precisa das pessoas que trabalham para você. Outra métrica útil que os gerentes de RH podem usar é a análise do desempenho dos funcionários. Em poucas palavras, isto se refere à monitorização do desempenho individual de cada pessoa.
Estas análises lhe darão uma visão sobre os empregados que possuem um bom desempenho e os que não possuem. Para aqueles na última categoria, ela pode ajudá-lo a identificar o tipo de treinamento e suporte que esses funcionários precisam. A análise de desempenho dos funcionários proporciona uma visão mais clara do que as avaliações de desempenho convencionais.

4. Análise da frequência dos funcionários

Até agora, você sabe que a análise de absenteísmo pode lhe dar uma sólida compreensão de quando e por que sua equipe fica doente. Mas é também importante obter uma média de quão pontuais os funcionários que chegam ao trabalho são.
Os gerentes podem usar a análise de frequência do funcionário para avaliar quais funcionários chegam no horário. E, claro, aqueles que estão sempre alguns minutos atrasados para o trabalho! Com esses dados valiosos à sua disposição, ela pode ajudá-lo a melhorar a assiduidade no trabalho.

5. Análise de aquisição de competências

Contratação de pessoal com talento excepcional é algo que todas as empresas querem fazer. E quando elas têm tais pessoas a bordo, eles não querem perdê-las. O problema é que algumas empresas não utilizam as melhores técnicas para a aquisição de talentos.
Quão boa é sua empresa em encontrar e contratar especialistas qualificados? Uma maneira de medir a sua taxa de sucesso é com a análise de aquisição de competências. Você pode descobrir que suas estratégias do passado podem não funcionar hoje.
Ao determinar como você procurar talento, você pode ajustar suas técnicas. Pode ser que você esteja procurando nos lugares errados o pessoal que você precisa. Ou você poderia estar trabalhando com os recrutadores errados. A análise de aquisição de competências vai lhe dar as respostas que precisa.

6. Análise da cultura da empresa

Cada empresa tem um estilo diferente ou “cultura” particular. Sua empresa vai procurar promover uma determinada imagem de si mesma. Por exemplo, empresas como Google promovem-se como uma empresa jovem, moderna e com visão de futuro. Às vezes, a imagem que você pretende retratar da sua empresa pode diferir da sua cultura real. É uma excelente maneira de medir o comportamento e as regras não ditas que as pessoas usam na sua empresa. E é vital para detectar e erradicar uma cultura tóxica.

7. Análise de rotatividade dos funcionários

Todas as empresas terão certa rotatividade de pessoal. Não há nenhuma maneira real para evitar que isso aconteça por completo. Mas, o que você pode fazer é descobrir o quão rápido isso acontece e trabalhar para descobrir como diminuir a taxa.
Como o nome sugere, a análise de rotatividade dos funcionários permite que você reveja a rotatividade de pessoal. Então ela pode ajudá-lo a prever as taxas de rotatividade dos futuros funcionários. Você também pode determinar os motivadores primários por trás da decisão que leva os funcionários a irem embora.
8. Análise de gerenciamento
Não importa se a sua empresa tem uma equipe de cinco ou 50.000. Haverá pelo menos uma pessoa responsável pelos funcionários, você ou alguém em sua equipe gerencial.
Uma liderança fraca pode custar à sua empresa tempo, dinheiro e prejudicar a sua reputação. A análise de gerenciamento vai ajudá-lo a analisar as várias dimensões da sua equipa de gestão. Você também vai descobrir se determinados estilos de gestão são um bom ajuste para o seu negócio ou não.

9. Análise de Capacidade

Eficiência é uma coisa notoriamente difícil de obter em qualquer empresa. Há tantos fatores que afetam a eficiência, um deles são os funcionários. Um fato bem conhecido sobre empresas é que muitas empresas contratam pessoas que, às vezes, não parecem fazer muito. A análise de capacidade permite que você descubra o quão eficiente as pessoas são nas tarefas que são incumbidas de realizar.
Por exemplo, eles passam muito tempo em uma tarefa e muito pouco tempo em outra? Talvez você descubra que elas gastam menos de 50% do tempo fazendo qualquer tipo de trabalho. Quais são os sistemas que você poderia mudar para melhorar a eficiência? A análise de capacidade lhe permite encontrar as respostas.

10. Análise de recrutamento

Em muitos aspectos, a análise de recrutamento baseia-se na análise de aquisição de competências. Mas, ela se concentra mais em como você encontra o seu talento ao invés de onde você o encontra. Algumas empresas são notórias por possuírem políticas de RH ridículas quando se trata de recrutamento. Como resultado, elas raramente acabam com um grupo de pessoas talentosas em sua equipe.
Se você quiser evitar que isso aconteça em sua empresa, você precisa ver o que você está fazendo. A análise de recrutamento também permite avaliar o que motiva o seu uso de cada canal. Por exemplo, você usa somente o LinkedIn porque é mais barato do que pagar um recrutador?
Ao adotar essas análises de RH listadas acima, você vai melhorar as operações da sua empresa e rotatividade de pessoal.
Copiado: http://recursosehumanos.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário