QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

sexta-feira, 1 de abril de 2016

O que a Ferramenta DISC?

O conceito DISC tornou-se o suprassumo na gestão de pessoas e nos processos de Coaching, mas o que é DISC?


DOMINÂNCIA: Objetivo, direto, assertivo, orientado a resultados etc.
INFLUÊNCIA: Comunicativo, persuasivo, orientado a pessoas etc.
ESTABILIDADE: Organizado, persistente, amável, paciente etc.
CONFORMIDADE: Preciso, detalhista, lógico, cuidadoso etc.

A origem dos DISC foi disseminando em 1928 no livro “Emotions of Normal People”, de William Moulton Marston, na época sem impacto relevante na sociedade humana, devido à ausência da necessidade de compreender o outro com indivíduo que pensa e age.
Conceito
Nesta época o conceito behaviorista de Watson teve uma grande aceitação pela sociedade mundial, pela possibilidade de manter o poder nas mãos dos que tinham conhecimento ou dinheiro, afirmando que o estudo do meio que envolve um indivíduo possibilita a previsão e o controle do comportamento humano.
Este conceito foi reforçado por Skinner, que era contra a utilização de elementos não observáveis para explicar a conduta humana. Assim, os aspectos cognitivos não deveriam ser considerados, porque o ser humano era visto como um ser homogêneo e não composto pelo corpo e mente.
Na época esta posição iria contra um dos principais conceitos do Sr. William em seu livro “O ser humano busca o prazer e evita a dor”. Esta afirmação confirmaria que o ser humano tem a capacidade de avaliação, pensamento e condição de tomar suas próprias decisões.
Esta afirmação foi reforçada por PIAGET que buscava a reflexão das fases e mecanismos do conhecimento com as correlações entre o sujeito e o objeto. Sistemas processuais do pensamento do homem, desde o início da sua vida até a idade adulta.
Podemos também citar Erick Erikson como reforço principal ao conceito do Sr. William, que propõe uma concepção de desenvolvimento em 8 estágios psicossociais, as 1ªs relacionadas ao bebe e á infância, as 3ªs últimas ao adulto e velhice. Cada estágio é atravessado por uma crise psicossocial entre uma vertente positiva e uma negativa ou na perspectiva do Sr. William “buscar o prazer e evitar a dor”.
Erikson prioriza o período da adolescência, por ser a transição entre a infância e a idade adulta, com acontecimentos relevantes na formação da personalidade.

Finalidade
DISC tem como finalidade compreender e identificar como este processo de desenvolvimento do indivíduo foi finalizado. Existem vários formulários hoje no mundo, porém não se pode esquecer que o meio em que vivemos exerce grandes pressões sobre os indivíduos.
Modelos Disponíveis
Vários formulários oferecem ao indivíduo que vai preenchê-lo uma flexibilidade de resposta, podendo proporcionar a possibilidade de construir uma informação baseada em sua necessidade atual e não considerar a sua real estrutura de pensamento.
Portanto, deve-se verificar se as informações resultantes de algumas ferramentas DISC muito utilizadas no processo de assessment, entre outras demandas são fidedignas a realidade do indivíduo submentido a mesma, pois caso não seja, as intervenções ou orientações realizadas e baseadas nestas informações poderão causar grandes problemas emocionais.
O ideal mobile casino é usar ferramentas que conduz o indivíduo a um posicionamento que evite a conveniência e que consiga verificar se há distorções nas respostas. Elas poderão ser verificadas quando os resultados estão baseados em três situações diferentes e que são representadas em gráficos como: Estrutura Básica, ambiente Sobpressão e Estrutura Atual de como estava o indivíduo quando preencheu o formulário.
APRI – Um diferencial de mercado
Poucas ferramentas DISC têm esta capacidade, uma delas é o APRI (Análise de Percepção e Reação Individual), que identifica inconsistência no preenchimento do formulário, que não significa reprovação, mas sim a necessidade de refazer.
Outro fator importante é a orientação para o preenchimento do formulário evitando a relação com o ambiente de trabalho, pois este fato poderá estar relacionado com um alto grau de necessidade atual de sobrevivência, o que provavelmente produzirá distorções nas respostas.
Conheço diversas ferramentas similares, sou certificada DISC e verificando todas estas informações é um poderoso instrumento complementar com alto grau de assertividade nos processos de: orientação de carreira, assessment, coaching, dentre outros.
Por:Helena Ribeiro - http://www.razaohumana.com.br/o-que-e-disc/

Nenhum comentário:

Postar um comentário