QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, VIATNT e AGUASHOW), Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

segunda-feira, 11 de abril de 2016

13 Técnicas Infalíveis Para Conseguir Estudar Concentrado


1 – Não espere virar um grande leitor de um dia para o outro. Antes de tudo, cuide do seu estado mental e tenha noção de que estudar bem é um processo que melhora de um dia para o outro. Então se hoje você não se julga muito bom, talvez daqui a uma semana a coisa esteja melhor.


2 – Se quer que sua leitura seja produtiva de verdade, desapegue daquilo que possa tirar a sua atenção. Deixe o celular de lado, desligue a TV e nem pense em ler enquanto, no computador, há uma aba do Facebook tentando a sua concentração. Cada vez que você interrompe a leitura para fazer outra coisa, seu cérebro perde o fio da meada. Ele estava concentrado em uma coisa específica, e vai ser difícil recuperar a concentração de novo.

3 – Sabe aquela coisa de “um dia frio, um bom lugar para ler um livro”? Leve a sério a questão do bom lugar e escolha um local tranquilo, sem muito barulho nem fluxo de pessoas. Bibliotecas são sempre amigas.


 4 – Não vale simplesmente se jogar em um canto e ler. É importante prestar atenção na postura e, nesse sentido, nada melhor do que ler sentado, com a coluna retinha, o joelho dobrado a 90 graus e evitando deixar a cabeça muito baixa. Ler deitado, por exemplo, não é uma boa ideia.


5 – Por mais que você tenha o cérebro de um mestre samurai, a concentração vai embora mais cedo ou mais tarde. Depois de 50 minutos de leitura, faça um intervalo de uns 10 minutos. Essa pausa serve para que você se levante, faça uns alongamentos, ande um pouco, vá ao banheiro, tome um copo de água.

6 – Todos nós temos um período do dia durante o qual nos consideramos mais produtivos, certo? Então é nesse período que você deve estudar. Seu relógio biológico pode ser um ótimo aliado.
7 – Algumas pessoas recorrem à chamada “leitura dinâmica”, que nada mais é do que um método para quem busca ler melhor. A técnica indica medidas como acompanhar a leitura com a ajuda dos dedos ou estipular metas de tempo de leitura, assim você pode chegar ao final da página e checar seu progresso de outra maneira. Isso não vale para tudo, é claro, pois algumas leituras são mais complexas do que outras e exigem releituras e maior concentração.

8 – Mantenha o foco no texto, concentre toda a sua mente nas páginas que estão diante de você. Depois que você atinge um bom nível de concentração, sua leitura será mais rápida e eficiente.

9 – Faça marcações no texto, sublinhe, rabisque, anote. Vale usar marcadores de cores diferentes também.

10 – Uma das dicas para absorver bem o conteúdo do texto é fazer uma leitura rápida dele, primeiro. Depois, na segunda leitura, com mais calma e foco e fazendo anotações, você vai entender o conteúdo com mais facilidade, com certeza.

11 – Uma das maneiras mais eficientes de aprender algum conteúdo é ler sobre ele e resumi-lo. Vale lembrar que resumir é falar sobre o que você acabou de ler com as próprias palavras, e não apenas selecionar trechos. Pense no resumo como uma maneira de explicar a alguém a informação que acabou de chegar até você. Se você conseguir explicar, é porque entendeu.

12 – Busque por exemplos sempre que possível. Em alguns casos, passamos a entender melhor um assunto quando o vemos aplicado na prática. Nem sempre é possível conseguir um exemplo tangível, mas dá para procurar ocasiões nas quais determinados conceitos foram usados. Aí tudo fica mais fácil de ser entendido.

13 – Sabia que 50% do que você ouve fica gravado em sua memória por apenas três dias? É por isso que, se você quer fixar um conteúdo em sua cabeça, o ideal é fazer anotações e revisões com frequência –  quando fazemos isso, a porcentagem sobe para 90% durante os mesmos três dias. Já as revisões e anotações fazem com que 70% dessas informações fiquem gravadas em nossa mente para sempre, conforme explicou José Roberto Lima à Info.


Copiado: http://vocenaosabiaquett.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário