QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Diferença entre Gestão Pública e Gestão Privada

Para quem deseja entender como funciona a gestão, é fundamental que se procure entender quais são as diferenças entre gestão pública e privada.
Para quem deseja entender melhor como funciona a gestão nos dias de hoje, é fundamental que se procure entender quais são as diferenças entre os dois modelos existentes: a gestão pública e a gestão privada.
Portanto, nas próximas linhas nós vamos procurar explicar estas diferenças, para que você entenda de uma vez por todas como elas funcionam e como cada uma delas pode servir de parâmetro para outra em qualquer momento.
GESTÃO PUBLICA - 
Esta é a forma de gestão que é aplicada em empresas públicas e também em instituições públicas e governamentais de um modo geral, e se caracteriza por algumas diferenças importantes em relação ao modelo de gestão privada.
O principal tem a ver com a adequação de praticamente tudo às políticas governamentais vigentes e aos projetos de governo, o que faz com que seu orçamento, seu direcionamento de verbas e seu tema de atuação estejam perfeitamente alinhados com o que o governo pretende.
Além disto, também haverá a pressão política, que sempre se faz presente neste tipo de situação, especialmente no Brasil, onde há forte presença de lideranças políticas nas decisões de empresas públicas, por exemplo.
GESTÃO PRIVADA
Já a gestão privada, como o próprio nome sugere, é o tipo de gestão visto em empresas privadas, que são geridas de modo mais profissional e que sempre visam os melhores resultados possíveis.
A gestão privada não apresenta a interferência de políticos e não leva em conta planos e projetos de governo, sendo mais independente neste sentido do que a gestão pública.
No entanto, dependendo do tamanho da empresa, é possível que problemas relacionados aos gestores, que em empresas pequenas quase sempre são os fundadores.
Em empresas maiores, os problemas enfrentados pela gestão privada têm mais a ver com a falta de profissionais que sejam devidamente qualificados para exercerem a função de gestores do negócio.
A gestão privada, diferentemente do que ocorre na gestão pública, quase sempre deve ser feita por profissionais devidamente qualificados, o que nem sempre ocorre, já que em muitos casos, há falta de mão de obra que seja realmente bem qualificada para a função.
Mas diferentemente do que ocorre na gestão pública, na gestão privada, é possível que por meio de um projeto empresarial, que tenha planejamento estratégico e que foque na chamada governança corporativa, se consiga ter sucesso.
Na gestão pública, este tipo de situação é praticamente inviável, especialmente por conta dos fatores já colocados.

Copiado: https://www.iped.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário