QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Metanóia na Gestão

Metanoia para humanizar a Gestão !
Metanoia não é um conjunto de técnicas de pensamentos, experiências sensoriais ou manipulação de sentimentos.
Um processo de educação amorosa, que realmente nos transforma. Faz com que a gente fique mais humano. Naquele sentido de ampliar a sensibilidade, ao mesmo tempo que as percepções. 
Uma nova visão, portanto. Uma vez mais humanos, temos todos os instrumentos realmente fundamentais para nos tornar melhores líderes, porque os melhores líderes são capazes de expressar a sua própria humanidade. 
Ao contrário do que se pensa, liderança não é uma técnica, nem mesmo algo que trazemos gratuitamente, na herança genética, como se fosse vedado a quem não tem seus traços explícitos, muitas vezes confundidos com exercício da autoridade. Liderança é essência. Capaz de despertar também a essência que existe em cada colaborador.
Líderes que vivem a sua essência constroem equipes também essenciais, abertas para construir – com entusiasmo e alegria – empresas essenciais. Únicas, portanto. São estas que se transformam nos melhores negócios. E os melhores negócios são medidos, não apenas pela capacidade de retorno aos acionistas, mas, sobretudo, pela capacidade de fazer do mundo um lugar melhor.

Viver a essência é buscar dentro de cada um de nós o que existe de melhor. E o que existe de melhor em cada um de nós é representado por nossos valores. Valores que se expressam em virtudes. Quando o ser humano expressa, plenamente, sua humanidade, nele aflora o ser integral. Chamamos de ética o que sintetiza a prática desses valores virtuosos.

Metanoia não é, portanto, uma programação mental.


Metanoia também não é lavagem cerebral.


Metanoia não é um conjunto de técnicas de pensamentos, experiências sensoriais ou manipulação de sentimentos.


Qualquer um pode vivenciar e adquirir essas coisas e ainda assim continuar aético e dar a sua cota de destruição à humanidade e à vida, sem pestanejar. Pior ainda, na certeza de que está fazendo tudo certo. 



Podemos observar isso com a maior facilidade, ao analisar a atitude de lideres corporativos (e até mesmo políticos) que têm um discurso humanista, porém uma prática predatória.


Metanoia é expansão da consciência!



Copiado: http://www.artigonal.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário