QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

quinta-feira, 26 de março de 2015

Delegar – Ferramenta de Produtividade

Delegar – ferramenta de produtividade: em nossa atividade de gestores, temos grande número de tarefas que nos consomem muito tempo. Obviamente, devemos priorizar aquilo que deve ser feito pela equipe, mas pairam sempre as dúvidas – 

O trabalho será feito corretamente?   
  • Quem é a melhor pessoa para realizar esta atividade? 
  • Não será melhor eu mesmo fazer isto?
Delegar – ferramenta de produtividade: quando delegar
No livro Principles of Management, de Harold Koontz e Cyril O’Donnell, os autores afirmam:
Administradores podem contribuir melhor para a empresa se focarem em desempenhar tarefas que são mais benéficas para atingir os objetivos da empresa, e delegar a seus subordinados todas as demais atividades, mesmo que pudessem realizá-las melhor do que seus subordinados, caso as realizassem.
Algumas perguntas podem nos auxiliar a decidir quando devemos delegar:É importante destacar este trecho, pois uma das principais angústias do gestor ao delegar, é a dúvida se ele próprio não faria melhor. Os autores evidenciam que assim seja, é importante priorizar as atividades a serem realizadas pessoalmente, em detrimento daquelas que podem (e devem) ser delegadas. Ou seja, concentrar sua habilidade, sua expertise, naquilo que é vital para a empresa.
 - Delegar esta atividade irá me permitir mais tempo para trabalhar em atividades de maior valor para a organização?
- Delegar esta atividade pode auxiliar a desenvolver habilidades de algum membro da minha equipe?
- Delegar esta atividade pode levar a encontrar uma solução inovadora, à qual possivelmente eu não teria chegado?
Atenção, evite delegar atividades que lhe foram delegadas em função se sua expertise no assunto, e também, não delegue abacaxis: não delegue ao final do prazo uma atividade que você não conseguiu realizar no prazo. Você tem este poder, mas não é justo, e prejudicará sua imagem de líder.

Delegar – ferramenta de produtividade: mas a responsabilidade continua!

É importante frisar que ao delegar uma atividade, você está poupando o tempo e esforço em realizá-la, mas não está se eximindo da responsabilidade pelo resultado.
Esta é uma das maiores preocupações do gestor ao delegar, mas não deve ser impeditiva para a delegação. Apenas evidencia o cuidado que devemos ter em:
- Revisar a tarefa delegada, ao seu final
- Escolher adequadamente aquele a quem delegar

Delegar – ferramenta de produtividade: o processo de delegação

Alguns passos são importantes no processo de delegação:
- Escolher a pessoa certa: identifique quem tem a melhor expertise para o assunto; distribua de forma equânime as tarefas – muitas vezes temos em nossa equipe um membro de excelente desempenho, a quem usualmente delegamos as atividades. Isto gera uma sobrecarga de trabalho sobre aquele indivíduo, e não permite o desenvolvimento dos demais.
- Definir exatamente o objetivo da tarefa delegada, o formato desejado do resultado, critérios a serem utilizados.
- Atribuir a atividade a um único membro: cada pessoa tem seus mecanismos de trabalho, sua forma de argumentação e apresentação de resultados, portanto dividir uma MESMA tarefa entre diversos membros da equipe não é efetivo e pode gerar conflitos.
- Fixar datas realistas e exequíveis: colocar prazos inexequíveis desestimula o colaborador.
- Realizar acompanhamento periódico: estabeleça com o colaborador “hold points” onde você deseja checar o andamento do trabalho. Isto evita retrabalhos.
- Dar o devido crédito: ao apresentar os resultados, dê o crédito a quem realizou o trabalho. Isto é importante porque estimula o colaborador ´pelo reconhecimento, e NÃO é demérito para você. Afinal, seus superiores hierárquicos TAMBÉM delegam, e SABEM que delegar é parte da atividade gerencial.
Por: Rodolfo Stonner - http://blogtek.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário