QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

PLANEJAMENTO

De uma maneira geral sabemos que o planejamento diz respeito aos planos traçados para se alcançar os objetivos desejados, mas no universo empresarial destaca-se o planejamento estratégico que configura-se como um processo de análise de uma organização onde realiza-se a sua observação analisando-se vários ângulos, tendo como objetivo estabelecer que caminhos a empresa irá seguir por meio de um direcionamento que é constantemente monitorado por meio de um plano estratégico. 



Esse plano é elaborado com base nas ameaças que a organização pode estar exposta, bem como às oportunidades que ela poderá aproveitar, tendo como ações estabelecer os seguintes pontos:



• Missão da empresa: representa a sua verdadeira razão de existir, ou seja, para que ela serve; 

• Visão: Onde a empresa pretende chegar, quais são seus objetivos;

• Valores: quais o princípios adotados para alcançar a visão; 

• Estratégia: que comportamentos serão adotados para se alcançar a visão. 


Baseado no que a empresa deseja alcançar, qual negócio ela pretende realizar e que destino deseja trilhar traça-se o planejamento estratégico. 

Trata-se de uma preparação para o futuro, que orienta a organização de uma maneira geral apontando qual o caminho deve ser seguido na busca pela conquista dos objetivos.



Os componentes básicos da estratégia organizacional são:


a) Ambiente: oportunidades e ameaças que a empresa pode encontrar no ambiente de tarefa;

b) Organização: Trata-se dor recursos que a empresa possui, pontos fortes e fracos, habilidades e capacidade, compromissos e objetivos.

c) Adequação de ambos: postura que deverá adotar para obter a harmonia, buscando potencializar as oportunidades e diminuir as ameaças.


A estratégia de uma organização está envolta em múltiplos fatores, que envolvem tanto fatores internos e externos sendo que estes podem muitas vezes estar fora do seu controle. 

Assim, é preciso buscar um melhor direcionamento do seu empenho e dos recursos que possui para que assim seja possível galgar os degraus do sucesso.

Certamente, os resultados não são totalmente previsíveis devido às inúmeras contingências a que estarão sujeitos, por isto a empresa deverá adotar a postura de uma constante reavaliação de suas estratégias buscando assim modificar o que for necessário.

É comum que as estratégias sejam definidas pelos níveis hierárquicos mais alto se só depois de definidas é que serão repassadas aos outros níveis, desdobrando-se assim em planos específicos direcionados a cada área.


Copiado: https://www.portaleducacao.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário