QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Parar um pouco de ser bombeiro

Já fui muito bombeiro, apagando incêndios na empresa, na vida, sempre correndo atrás de resolver problemas, me sentia útil, pro-ativo, visto. 

Quantos hoje eu olho e vejo sem almoçar porque têm reunião importante, saem altas horas do emprego, se sentem como eu me sentia. 

Alimentados pelas emergências, pelo ter de resolver algo.

Se sentem mal se não tiverem correndo, apagando fogo. Com isso não param para pensar, não buscam o conhecimento, param no tempo, não têm tempo nem de aprender com os erros e acertos. 

Não evoluem. Pior, não vêm a vida passar, não aproveitam um segundo, quanto mais um ano. Vem o estresse, doenças, a velhice.

Olham para trás e veem o abraço que não deram e o beijo que não tomaram por não terem tempo de oferecer os lábios. Não sentiram o que realmente é viver porque estavam tentando ser eficaz, alcançarem os objetivos, muitas vezes não os seus, no entanto sem serem eficientes.

Chegarem a algum lugar sem nem pensarem no custo. A vida nos ensina que estamos aqui para evoluir, aprender, amar a tudo e a todos e desperdiçamos isso em busca do poder, da ganância, do querer mais e mais.

Não aproveitamos aquilo que temos de melhor, aquilo para o qual viemos nesta vida. Nós somos melhores do que fomos na outra vida? Fazemos os nossos serem melhores do que nós? Somos um instrumento Dele para que tudo o que nos cerca sirva a Ele e ao nosso desenvolvimento.

Como evoluirmos se nem paramos para analisar como foi o nosso dia, o que poderíamos ter feito melhor, agradecer o que o universo conspirou a nosso favor? Cada vez que sento aqui escutando músicas como The Gregorians, Era, Enya, medito, entro em alfa e entendo como não perco mais energia com coisas que não me fazem bem e nem fazem bem aos que me cercam.

Tento identificar o  que poderia ter feito de bem aos que vivem na minha vida, nesta vida. 

Tento não ser um simples bombeiro, tento entender onde tem o fogo para que possa no dia seguinte apagá-lo. 

Olho para aqueles sem comer, sem pensar, correndo todo o dia atrás do que nem sabem o que é e perdem mais um dia de chance de evoluírem.

A vida nos obriga, mas precisamos tirar uma horinha por dia para pensarmos na nossa alma, no nosso interior, em nós. Só dependemos de nós mesmos para as decisões corretas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário