QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

8 Lições que Aprendi Depois de Ler o Livro “Pai Rico, Pai Pobre”

 Ler deve ser um hábito importante na vida de qualquer freelancer ou profissional que pretenda evoluir na carreira. Eu mesmo, tento ler pelo menos um novo livro por mês. Além de aumentar o meu conhecimento, ajuda a manter-me motivado e a conseguir novas ideias de negócios. Se você tem deixado a leitura para trás devido ao excesso de trabalho, aconselho que reveja a organização do seu dia-a-dia e que guarde algum tempo para ler livros ou revistas. Este mês, decidi fugir um pouco da área de produtividade ou das mídias sociais e optei pela leitura de um tema que também me interessa bastante: a gestão financeira. Por isso, o livro “Pai Rico, Pai Pobre” foi o escolhido. Esta excelente obra de Robert Kiyosaki e Sharon Lechter tem como objetivo ensiná-lo a lidar com o dinheiro e buscar a independência financeira através de uma boa gestão do dinheiro ou através da criação do seu próprio negócio.

Durante a obra, os dois autores passam conselhos bastante valiosos e que podem mudar claramente a sua maneira de olhar para o dinheiro. O livro contêm dicas bastante valiosas especialmente para os freelancers, que necessitam de ter um boa gestão financeira e saber organizar o seu dinheiro de forma inteligente. No entanto, o livro não ficou isento de críticas e também falaremos sobre elas no final do artigo, para que você possa ter uma visão mais ampla da obra. Se você quer aprender um pouco mais sobre gestão financeira para freelas, aconselho que dê uma olhada em alguns destes artigos antes de começar a ler o resto do artigo:

1. ESTUDE SOBRE GESTÃO FINANCEIRA

Possivelmente, o leitor poderá pensar que tem uma boa noção sobre gestão financeira. Receber, poupar e gastar são, por norma, as três atitudes que todos temos na gestão do nosso dinheiro. Mas fazer gestão financeira é bem mais do que isso. É saber investir no negócio certo, é saber colocar o dinheiro a trabalhar para si mas acima de tudo é aprender a gastar /investir o dinheiro. Durante o livro, Robert Kiyosaki fala sobre a questão dos ativos e dos passivos, o que é algo bastante interessante. No fundo, ativos é aquilo que gera fluxo de renda para o seu orçamento mensal e passivo é o que todos os meses retira dinheiro do seu orçamento. Ativo é o que você recebe do cliente ou que você recebe de um programa de afiliados, por exemplo. Por outro lado, passivo é tudo aquilo que retira dinheiro do seu orçamento, como o carro e a casa. Logo com este conceito, o autor quebra uma ideia que muitos de nós temos sobre a nossa casa ou carro: Eles são passivos e não ativos. Se pensarmos de forma lógica, isso é verdade, visto que ativos é tudo aquilo que poderá gerar algum fluxo para o nosso orçamento. Carro e casa apenas desvalorizam e deixam-nos em maus lençóis quando o nosso orçamento diminui.

2. SAIA DA CORRIDA DE RATOS

Durante o livro, Kiyosaki fala muitas vezes sobre a “Corrida de ratos”. De uma forma bastante resumida, este conceito explica o que aquilo que grande parte das pessoas faz: começa por receber os seus primeiros salários, compra uma casa, um carro e endivida-se. Depois é aumentado, e compra uma casa e um carro ainda melhores e assim sucessivamente. Por isso, acabam sempre ganhando mais e gastando mais, chegando ao final das suas vidas com muito pouco dinheiro colocado de parte. Infelizmente, esse é um erro que muitas vezes vejo em Portugal e no Brasil. Pessoas que iniciam a sua carreira profissional e pensam logo em gastar esse dinheiro na compra de uma casa ou de um carro. Já Tim Ferris, no seu livro “Quatro horas por semana”, explica também que comprar uma casa, por exemplo, pode ser uma grande limitação na nossa vida profissional. O que Kiyosaki aconselha é que analise bem as suas compras e veja se tem necessidade de investir em passivos que na realidade parecem ativos. Veja, logo abaixo, um trecho do livro que demonstra bem o que é a corrida de ratos:
“Agora eles estão aprisionados na Corrida dos Ratos. Chega o primeiro filho. Eles trabalham ainda mais. Mais dinheiro e mais impostos, a chamada escalada da alíquota. Um cartão de crédito chega pelo correio. Eles o usam. Mais despesa. Uma financeira telefona e diz que seu maior “ativo”, sua casa, teve seu valor aumentado. A empresa oferece um empréstimo de “consolidação”, porque sua ficha é tão boa, e lhes diz que o mais inteligente a fazer é zerar os altos juros ao consumidor liquidando seu débito junto ao cartão de crédito. E, além de tudo, os juros pagos sobre a hipoteca imobiliária podem ser deduzidos do imposto de renda. Eles aceitam e zeram os débitos de seus cartões de crédito onerados pêlos elevados juros ao consumidor. Eles suspiram aliviados. A dívida com o cartão de crédito está encerrada. Agora suas dívidas de consumo estão somadas à hipoteca imobiliária de sua casa própria. As prestações mensais são reduzidas porque ampliaram o financiamento para trinta anos. E atitude muito inteligente.
O vizinho os convida para irem às compras – afinal está começando a liquidação do Memorial Day. - Importante feriado americano em que se homenageia os mortos nas guerras. Comemorado na última segunda-feira de maio. (N. T.)
Uma chance de poupar algum dinheiro. Eles se dizem: “Não vamos comprar nada. Só vamos olhar.” Mas, para a eventualidade de achar uma boa oferta, põem aquele novo cartão de crédito na carteira.
Encontro este jovem casal a toda hora. Seus nomes mudam, mas seu dilema financeiro é o mesmo. Eles vêm a minhas palestras para ouvir o que eu tenho a dizer. Perguntam-me: “O senhor pode nos dizer como ganhar mais dinheiro?” Seus hábitos de compra os levam a buscar mais renda. Eles nem sabem que o problema está na forma que escolheram para gastar o dinheiro que têm. São provocados por seu analfabetismo financeiro e por não entenderem a diferença entre um ativo e um passivo. Raramente os problemas de dinheiro das pessoas são resolvidos com mais dinheiro. A inteligência resolve os problemas. Um amigo meu costuma repetir uma frase para as pessoas endividadas. “Se você descobre que se enterrou num buraco… pare de cavar.”

3. TRABALHE PARA SI

A minha experiência com livros sobre investimentos é ligeiramente reduzida. Até ao momento devo ter lido apenas seis ou sete livros sobre esta área. No entanto, existe uma regra que todos eles transmitem: se quiser ter rendimentos elevados, trabalhe para si. De fato, esta regra faz todo o sentido e basta o leitor olhar a para a lista dos homens mais bem sucedidos do mundo para perceber isso. Como o autor explica, quando você trabalha para alguém acaba por dar grande parte do valor que você cria para o dono da empresa. Não seria muito mais útil investir o seu tempo em algo que lhe traga melhor retorno? Você já fez as contas, de quanto terá dado para a empresa no final da sua carreira?
E este ponto está de acordo com outro ponto que eu tento transmitir aqui na Escola Freelancer: tente criar o próprio negócio enquanto freelancer. É verdade que ao início você deve tentar ganhar experiência e criar uma carteira de cliente que seja considerável, mas deve sempre trabalhar tendo como objetivo final criar a sua própria empresa. Tente criar um grupo à sua volta de profissionais que o ajudem, que permitam que você tenha um fluxo de trabalho maior. Só com pessoas trabalhando para si, você poderá aumentar os seus rendimentos e ter algum tempo para a sua vida pessoal. Criar um blog também é outra das soluções. Se tem conhecimento sobre uma área, escreva artigos sobre isso e mais tarde escreva um livro. Poderá ser também uma excelente fonte de rendimentos.

4. APROVEITE O TEMPO

O tempo é um dos recursos mais explorados por Robert Kiyosaki no livro “Pai Rico, Pai Pobre”. O autor aconselha que saiba aproveitar o  tempo a seu favor. Leia novos livros, vá a seminários e tente aprender com os melhores em vez de sentar na frente de televisão e esperar que as horas passem. Esta ideia não está relacionada com o fato de apenas ser mais produtivo no trabalho mas sim de aproveitar o seu tempo livre com assuntos mais interessantes e relevantes para o seu negócio. No artigo onde falei sobre como ser ignorante pode ajudá-lo a ser mais produtivo, expliquei que um bom empresário não precisa saber sobre tudo e a melhor opção é investir o seu tempo em algo útil, que possa realmente fazer a diferença na sua vida.

5. O QUE APRENDE NA ESCOLA DE POUCO SERVIRÁ

O livro é criado a partir da história de um jovem que tem “dois pais”: um rico e outro pobre. Enquanto que o pai rico ensina o jovem a desde cedo ter iniciativa própria, a gerar os seus próprios rendimentos e a estudar além daquilo que é ensinado no ensino convencional, o pai pobre diz ao filho para estudar muito e conseguir um bom emprego. No final, o pai rico acaba por ir aumentando os seus rendimentos enquanto o pai pobre acaba com muito pouco a nível financeiro. A ideia que o autor transmite não é que a educação convencional de pouco serve, mas sim que deve estudar muito além disso. O que a escola ensina apenas dará uma noção breve sobre o que é necessário para ter uma carreira de sucesso. O resto do conhecimento é aprendido em livros e na sua própria experiência durante o trabalho. É o mesmo que um profissional freelancer que termina um curso de Design e que considera-se um especialista na área. Para ser um melhor profissional, ele precisa de muito mais do que isso. Necessita de um estudo constante e de ganhar mais experiência.

6. ESTUDE AS LEIS

Todos os profissionais que pretendam ter o seu próprio negócio necessitam de saber tudo sobre leis. Por mais que você não goste, este é um conhecimento obrigatório, que poderá permitir poupar centenas de reais todos os meses. Robert Kiyosaki explica que este é mesmo um conhecimento essencial e que grande parte dos seus investimentos tiveram sucesso porque o autor conhecia as leis. Se quiser saber mais sobre as leias essenciais para um freelancer, aconselho que leia este, este e este artigo.

7. NO FINAL, O ESTADO ACABA FICANDO COM (QUASE) TUDO

Com a crise na Europa, os Estados estão optando por retirar um percentual importante da aposentadoria de muitos idosos. Eles estão retirando dinheiro de quem já pouco tinha. Esta é uma realidade que, infelizmente, só tende a piorar. Este também é um dos temas abordados por  Robert Kiyosaki. Durante o livro, o autor explica que os sistema utilizado pelos governos para garantir a aposentadoria dos trabalhadores “irá pagar cada vez menos”e irá forçar “os trabalhadores a trabalhar cada vez mais até mais tarde”. Concordo a 100% com essa ideia. O que Kiyosaki é que você prepare também a sua própria aposentadoria. É certo que você dificilmente conseguirá fugir dos descontos para a Previdência Social, mas também é importante que crie alguma forma de ter a sua própria aposentadoria.

8. SUPERE O MEDO DE INVESTIR

Como referi anteriormente, grande partes das pessoas aprende apenas a poupar e nunca a investir. A palavra “investir” por norma tem um sentido negativo, estando normalmente associada a “perder dinheiro”. No livro, o escritor explica que “apenas poupar” é um dos maiores erros que um profissional pode cometer.
“A inteligência financeira é simplesmente ter mais opções. Se as oportunidades não aparecem à sua frente, que outra coisa você pode fazer para melhorar sua posição financeira? Se uma oportunidade lhe cai do céu, e você não tem dinheiro, e o banco não lhe dá atenção, o que mais poderia fazer para essa oportunidade trabalhar a seu favor? Se seu palpite é errado e o que você esperava não acontece, como pode transformar um limão em milhões? Isso é inteligência financeira. Não é tanto o que acontece, mas quantas soluções financeiras diferentes você pode imaginar para transformar um limão em milhões. E a sua criatividade a serviço da solução de problemas financeiros.
A maioria das pessoas só conhece uma solução: trabalhar arduamente, poupar e levantar empréstimos.
Então, por que você quer aumentar sua inteligência financeira? Porque você quer ser o tipo de pessoa que cria sua própria sorte. Você pega o que quer que aconteça e o torna melhor. Poucas pessoas percebem que a sorte é criada. Do mesmo modo que o dinheiro. E se você quer ter mais sorte e criar dinheiro em lugar de trabalhar arduamente, então sua inteligência financeira é importante. Agora, se você é o tipo de pessoa que fica à espera de a coisa “certa” acontecer, pode esperar muito tempo. É como esperar que todas as luzes estejam verdes cinco quilômetros antes de começar a viagem”

CRÍTICA FINAL

O livro “Pai Rico, Pai Pobre” é bastante interessante e pode ajudar várias pessoas, principalmente aquelas que não têm a mínima noção sobre educação financeira. Mas como em todos os livros, o leitor deve ter o cuidado para prestar atenção a tudo o que é escrito, verificar o que é realmente interessante e descartar o resto. E é isso que você deve fazer com este livro também. A obra é repleta de bom conteúdo, mas não podemos esquecer que ela é apenas uma história, o que acaba tendo pouco sentido prático. Ou seja,  Robert Kiyosaki fala muito sobre dinheiro e sobre investimentos, mas no final acaba por dar poucos conselhos práticos, do gênero “faça isto” ou “opte por aquilo”. Quando você tenta fugir da “corrida de ratos”, acaba tendo poucas sugestões práticas além do investimento em imóveis.  Um dos grandes críticos é John T Reed’s. Ele tem um artigo repleto de críticas ao escritor e poderá encontrá-las aqui. Críticas à parte, é normal que a sua obra tenha algumas falhas, mas isso não retira o excelente conteúdo que está presente no “Pai Rico, Pai Pobre”, que certamente será uma mais valia para todos os que lerem esta obra.

  Autor Exclusivo da Escola Freelancer -http://www.escolafreelancer.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário