QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

DEPRESSÃO NO TRABALHO

Um dos temas da atualidade que vem se revigorando em torno de nosso contexto é a depressão. Primeiramente será definido o que é depressão sob minha concepção. 

Depressão é um estado da mente de apatia, tristeza, angústia, ansiedade, sentimentos de inferioridade, baixa autoestima entre outras coisas, que perduram por várias semanas e se não tratada pode evoluir para uma depressão severa ao longo de toda a vida da pessoa. 


Portanto sentimentos de tristezas que temos em dias esporádicos não podem ser determinados de depressão, ou seja, estes estados de desânimos têm de ter uma continuidade constante ao longo de semanas e meses.
Definido o que é em linhas gerais depressão, iremos focar a depressão no trabalho e suas possíveis causas. Neste caso, causas estas pertinentes sob-responsabilidades da empresa e não do sujeito.
Começando com a frase ‘’não existe pessoa errada no lugar certo, mas sim pessoa certa no lugar errado’’, vários trabalhadores exercem suas funções em atividades que não possuem muitas afinidades, ou até mesmo ficam ociosos no trabalho não aproveitando o tempo para fazer algo que realmente lhes interessam, ou que faça sentido para suas vidas. 
A depressão no trabalho vem na forma de apatia com a função exercida, como já dita, seja por falta de afinidades com o exercício ou pela ociosidade que se mantém durante a jornada de trabalho. É muito importante utilizarmos o nosso tempo para coisas que façam sentido para nós e que agregue valores ao nosso capital intelectual. O capital intelectual é a inteligência adquirida a cada pessoa de dentro das organizações, capital este, que deve ser estimulado pela própria corporação por meio de uma cultura voltada para o ser humano e ao desenvolvimento do próprio.
A depressão no trabalho tem suas maiores causas sob-responsabilidade da empresa atuante. A organização tem a responsabilidade de oferecer um ambiente de trabalho agradável a todos os participantes, e deve ter uma gestão de recursos humanos para tais fatos, entretanto não é o que vemos na maioria das organizações. 
Ressaltando que esta é a minha opinião de empresa saudável, que é de oferecer condições adequadas aos seus participantes. Com o não oferecimento de condições aceitáveis os funcionários sem ter a quem ocorrer acabam por sucumbindo em doenças psicológicas, como no caso a depressão. 
 A meu modo de ver as corporações devem oferecer condições psicológicas aceitáveis para todo e qualquer funcionário, abrindo espaço na área de gestão de pessoas e abrindo as portas para qualquer problema enfrentado pelo funcionário. 
A depressão causada pela empresa é caracterizada por trabalhos inadequados a pessoas que não estão aptas para os devidos exercícios da função, pelo mal funcionamento da área de gestão de pessoas, por chefes egoístas, por pressões psicológicas em metas a serem auferidas em pessoas que não possuem estrutura para tal realização, por deixar seus funcionários em tempo ocioso sem fazer sentido ao trabalho entre outras coisas.
A empresa saudável é caracterizada por trabalhos adequados para pessoas corretas, ou seja, a pessoa certa no lugar certo.
Por ter uma área de gestão de pessoas adequada com participação ativa diante da corporação, por possuir líderes que se colocam no lugar de seus liderados ao invés de chefes que a única função é a de mandar, e mais do que isso, é literalmente a empresa puxar a responsabilidade de seus funcionários para ela, dando total apoio aos seus participantes. 
Possuímos poucas empresas que estão enquadradas nestes quesitos, mas as que estão, sem dúvida alguma, auferem resultados muito positivos perante as demais no que tange a agregação de valor de ambos, funcionários e empresas.
Por Leonardo Marioto - http://leonardomarioto.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário