QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

segunda-feira, 30 de abril de 2012

10 INVENÇÕES QUE MARCARAM A HISTÓRIA DA TECNOLOGIA


Transístor
Durante uma daquelas conversas típicas do INFOlab, regadas a muito café, testes e chocolate, decidimos mapear as invenções tecnológicas que mais marcaram nossas vidas. Seria injusto começar com outra senão o transístor.
O termo transistor, cunhado por John R. Pierce para definir um resistor de transferência, se popularizou na década de 50 e possibilitou a evolução dos eletrônicos.
O primeiro transistor de silício foi fabricado pela Texas Instruments em 1954. Desde então, o sistema evoluiu, diminui e é considerado o tijolo da tecnologia.
E você? Qual invenção mais marcou sua vida? 
Apple 2
Em 5 de junho de 1977, Steve Wozniak e Jobs começaram a vender as primeiras unidades do computador de 8-bits que marcaria o início da computação pessoal.
A partir daí o cenário mudou bastante. Hoje os desktops começam a ser deixados como segunda opção para os lares, já que notebooks e tablets se consolidam como soluções mais viáveis.
O tradicional PC precisou se reinventar, morar ao lado da TV e ampliar o poder de fogo para os games.

Windows 3.11
Em 1992 a Microsoft apresentou ao mundo o Windows 3.1, que trazia uma interface gráfica mais amigável e abria as portas do mundo dos computadores para quem não possuía um perfil técnico.
Mesmo a Apple saindo na frente com o Mac OS em 1984, o sistema não decolou como o da Microsoft.
Hoje, a batalha ainda é dividida entre Windows e Apple. A Microsoft espera que o novo conceito do Windows 8 seja aceito, enquanto a Apple assimila a experiência adquirida com o iOS.
Com versões que ganharam certa popularidade, como a Ubuntu, a comunidade Linux trabalha para popularizar suas distribuições.

Mosaic
Esse navegador recebe crédito por ser um dos primeiros a apresentar uma interface amigável de navegação para a World Wide Web, sem grandes complicações e compatível com todos os sistemas da década de 90.
Descontinuado em 1997, o Mosaic contribui para o desenvolvimento de novos browsers que até hoje utilizam elementos de sua interface gráfica, como Internet Explorer, Firefox e Chrome.

Atari
Lançado em 1977, o Atari chegou ao Brasil em 1983 com o modelo 2600. Não demorou muito para o pequeno console preto ganhar as multidões e invadir várias casas.
A pluralidade de títulos (que eram copiados descaradamente por concorrentes) e a inovação, que trazia uma máquina de fliperama para sua casa, renderam bilhões aos cofres da Atari e ajudaram a modelar o mercado de games.
Com atividades encerradas oficialmente em 1992, o Atari é um dos consoles de maior sucesso da história, mas seu desenvolvimento infelizmente empacou, dando espaço para concorrentes com propostas mais encantadoras, como Xbox e PlayStation.

ICQ
Fundada em 1996 por cinco israelenses, a Mirabilis passou a ser conhecida em todo o mundo depois de publicar a primeira versão do ICQ, em novembro do mesmo ano. O comunicador instantâneo fornecia um número para o usuário e permitia que ele se conectasse a outros para a troca de mensagens.
Ao contrário do IRC, onde o usuário se conectava à uma sala, sem saber quem estaria por lá, o ICQ permitia, pela primeira vez, enxergar a disponibilidade de determinado usuário.
A Mirabilis foi adquirida pela AOL em junho de 1998 por 407 milhões de dólares. Com o tempo, o ICQ perdeu espaço para programas com mais recursos, como o Messenger, da Microsoft e o G Talk, do Google.

MP3
É difícil lembrar, mas a vida sem o formato MP3 era sofrível. Antes da técnica de compressão empregada pelo MPEG-1, MPEG-2 ou Audio Layer III, o usuário de computador era obrigado a curtir suas músicas em WAV ou outro formato não comprimido.

Como a banda larga ainda era um sonho distante nos anos 90 era inviável oferecer sequer uma única faixa pela internet, muito menos pensar em um player portátil.

Facebook
Lançado em 2004 por Mark Zuckerberg, o Facebook foi a primeira rede social a superar o patamar de 500 milhões de usuários. Atualmente, são 850 milhões de pessoas conectadas à rede social.
Além de tornar-se uma ferramenta popular, o Facebook aprimorou o modelo de publicidade segmentada por perfil de usuário. A empresa, que deve realizar sua abertura de capital este ano, pode atingir o valor de mercado de US$ 100 bilhões.

Google.com
Criado oficialmente em 98, por Serguey Brin e Larry Page, o Google.com tornou-se líder global no mercado de buscas no início dos anos 2000 e persegue a ´modesta´ missão de organizar todo o conhecimento humano.
Atuante em diversos segmentos da indústria de tecnologia, o Google é praticamente imbatível no segmento de buscas na web, onde exibe amplíssima vantagem sobre o Bing e o Yahoo!. Sua invenção mudou o modo como são organizadas as informações na internet e tornou possível aos usuários comuns encontrarem o que desejam no gigantesco emaranhado de informações da internet.

iPhone
Apresentado pela primeira vez em 2007, tornou a tela sensível ao toque do tipo capacitiva e o teclado virtual uma tendência para o mercado de smartphones. Também levou ao dispositivo móvel um sistema operacional completo (iOS) e criou o mercado de aplicativos.
O próprio iPad pode, sob vários aspectos, ser considerado uma evolução do iPhone.


AS COLUNAS SÃO REDONDAS OU QUADRADAS??

Postado: http://administracao.blogspot.com.br/

sábado, 28 de abril de 2012

CURIOSIDADES DO NOSSO CORPO (algo que precisamos saber)


1. Se você estiver com a garganta doendo, aperte seu ouvido:
Pressionando os nervos do ouvido, ele vai gerar um reflexo imediato nos espasmos da garganta e alivia o desconforto

2. Para ouvir melhor utilize apenas um lado da orelha:
Se você está em um clube e não ouvir bem o que as pessoas estão dizendo, vire a cabeça e use apenas a orelha direita, uma vez que ela distingue melhor as conversações, enquanto a esquerda identifica músicas de som.

3. Para resistir à tentação de ir ao banheiro pense em sexo:
Quando não resistir à vontade de urinar e não tiver um banheiro por perto, pense em sexo. Isso vai entreter o seu cérebro e reduzirá o estresse.

4. Provoque tosses para reduzir a dor:
Um grupo de cientistas alemães descobriram que quando você espirra, aumenta a pressão no peito e coluna vertebral, inibindo, assim, dores na coluna.

5. Se você estiver com o nariz entupido:
Pressione o céu da boca e o nariz. Toque o céu da boca firmemente com um dedo, segurando o nariz abaixo das sobrancelhas. Isso permitirá que as secreções possam se mover e você volta a respirar.

6. Quando você tiver com azia, durma sobre seu lado esquerdo:
Isto cria um ângulo entre o estômago e do esófago, de modo que o ácido não pode passar para a garganta.

7. Quando um dente dói esfregue um cubo de gelo em sua mão:
Você deve passar um pedaço de gelo na área, em um "v" que tem entre o polegar e o dedo indicador contra a palma da mão. Isto reduz em 50% a dor, pois este setor está ligado aos receptores da dor da face.

8. Quando você se queimar, pressione o ferimento com um dedo:
Após a limpeza da área afetada, pressione com a mão sobre a queimadura, assim ela retornará a temperatura inicial e evitará bolhas. (Para pequenas queimaduras, apenas)

9. Quando você estiver bêbado:
Repouse a mão sobre uma mesa ou superfície estável. Se você fizer isso, seu cérebro vai recuperar o sentido de equilíbrio e evitará que tudo gire ao seu redor.

10. Ao correr, respire quando o pé esquerdo pisar o chão.
Isto irá prevenir sentimento de comichão no peito, porque se você respirar quando você coloca o pé direito, fará pressão no fígado.

11. Se sangrar o nariz, empurre com o dedo:
Se você deitar com o sangue escorrendo poderá se sufocar, por isso é melhor pressionar o dedo sobre o lado do nariz quando você tiver sangramento.

12. Para controlar o batimento cardíaco quando você está nervoso
Coloque o polegar na boca e assopre, isso irá ajudar seu coração parar de bater tão rápido a partir da respiração.

13. Para aliviar uma dor de cabeça quando você bebe água gelada:
Quando você beber algo congelado, resfria o paladar e o cérebro interpreta. Então você deve colocar a língua no céu da boca para retornar à temperatura normal.

14. Previna a falta de visão quando você está na frente do PC:
Quando você coloca seus olhos em um objeto próximo, como um computador, a vista fica cansada e não consegue enxergar direito. Por isso, feche os olhos, contraia o corpo e prenda a respiração por um momento. Então, relaxe. Remédio santo.

15. Desperte suas mãos e pés adormecidos movendo sua cabeça:
Quando você dorme, um braço ou uma mão, gire a cabeça de um lado para o outro e sentirás a dormência passar dentro de 1 minuto. Os membros superiores adormecem pela pressão sobre o pescoço. Igualmente para pernas e pés, leva alguns segundos.

16. Uma maneira fácil de prender a respiração debaixo d'água:
Antes de mergulhar, fazer respirações muitos rápidos e fortes para fazer o sangue ácido desaparecer, pois isso é que causa a falta de ar.

17. Memorize textos à noite:
Tudo o que você ler antes de dormir, o mais fácil de lembrar ...

Tradução: Daniel Navarro.

GILLETTE - A HISTÓRIA


A primeira faz tchan, a segunda faz tchun, e tchan, tchan, tchan, tchan! Barba feita com perfeição e rapidez, para alegria dos barbados mundiais. GILLETTE, marca que provocou uma revolução nos processos de retirada de pêlos indesejáveis, se transformou em sinônimo de lâmina de barbear. Alguém duvida disso?
 -
A história
Para entrar no mundo das grandes empresas você precisa ser criativo e audacioso, no mínimo. King Camp Gillette, funcionário da Companhia de Selos de Baltimore, cumpriu parte desses critérios quando inventou o chamado safety razor(barbeador seguro).
Em uma manhã quente de 1895, ao fazer a barba, ele simplesmente teve um momento de inspiração e idealizou um aparelho que revolucionou o ato de barbear para sempre. Percebendo que para se barbear, só a ponta da lâmina da navalha era necessária, pensou então em fabricar uma lâmina de aço pequena e descartável.

Os industriais não acreditavam ser possível fazer uma lâmina pequena, de bom corte e barata a ponto de ser jogada fora depois. Com a ajuda de William Nickerson, um engenheiro mecânico de sucesso, formado no Massachusetts Institute of Technology, resolveram os problemas técnicos e superando os problemas de engenharia da época para produzir, em escala industrial, o primeiro aparelho de barbear, não mediram esforços até fundar, em 1901, na cidade de Boston, estado de Massachusetts, a Gillette Safety Razor Company, com um capital de US$ 5 mil, emprestado pelo industrial John Joyce.

Dois anos depois, o produto foi lançado no mercado, com o preço de US$ 5 pelo suporte e de US$ 1 por um pacote de 20 lâminas, vendendo 51 aparelhos e 168 lâminas ao final do primeiro ano. Já em 1904, os números traduziam o sucesso do inovador produto: 90.000 aparelhos e cerca de 12 milhões de lâminas vendidas.

Em 15 de novembro deste mesmo ano, sob o número #775,134, estava garantida para King C. Gillette a patente do aparelho de barbear. Em 1905, inicia-se o primeiro processo de produção no exterior, em uma fábrica de acentos para bicicleta, localizada em Paris, visando abastecer a crescente demanda do mercado europeu, além da abertura de um escritório de vendas em Londres. Logo depois, inaugura uma fábrica no Canadá e, em 1908, abre uma filial de vendas na Alemanha.

Depois disso, o desafio maior foi mudar os hábitos de barbear vigentes na época. Durante a Primeira Guerra Mundial, um grande passo foi dado nesse sentido, quando a GILLETTE enviou um aparelho de barbear para cada soldado americano, cerca de 3.5 milhões de aparelhos e 36 milhões de lâminas. Assim, muitos deles acabaram adquirindo o hábito de barbear-se em casa, ao invés de irem ao barbeiro. Nesta época, as lâminas eram embaladas uma a uma, em papéis com o retrato e a assinatura de King C. GILLETTE.
Ao criar a embalagem assinada pelo inventor e fabricante, a empresa desde cedo conquistou a credibilidade do público. Em 1939, a marca, que já figurava entre as maiores empresas do mundo, começou a patrocinar o esporte. Esta atitude, muito simpática ao público, se mantém até hoje, como, por exemplo, no patrocínio das Copas do Mundo de Futebol.-Na década de 40, a GILLETTE tomou a decisão de diversificar sua atuação no mercado e expandir seus negócios a outras categorias de produtos. Quando a guerra termina, em 1945, uma nova geração de soldados, que tinham aprendido a barbear-se com os aparelhos GILLETTE, voltava para casa. A 1ª Grande Guerra incutiu nos jovens o hábito de se barbearem; a Segunda Guerra Mundial ensinara-lhes a fazê-lo diariamente. Somente em 1952 a empresa adotou o nome The Gillette Company.

No Brasil, no ano de 1968, a GILLETTE introduziu o aparelho Techmatic, um revolucionário sistema de carga com fita contínua que possibilitava uma qualidade no barbear significativamente superior ao que existia até então. Seguindo o processo evolutivo, no ano de 1975 a empresa lançou G II, o sistema de barbear com lâminas paralelas e intercambiáveis que foi o maior avanço tecnológico desde o surgimento do aparelho de barbear de lâminas de duplo fio. Os anos se passaram, e diversos aperfeiçoamentos foram sendo introduzidos nos aparelhos e nas lâminas.-
A preocupação – no início da década de 90 – do comando da empresa era idealizar e comercializar um produto com margem de lucro maior. Era preciso, então, se criar um produto novo e que tivesse algum apelo para que pudesse ser vendido a um preço mais alto. Mas isso não bastava: o custo do produto teria que ser baixo para a margem poder ser alta.
Os dois problemas foram atacados por partes. Primeiramente, nos Estados Unidos e na Inglaterra, foram conduzidas pesquisas (com um investimento muito alto) junto aos então consumidores e potenciais a respeito de que tipo de inovação aquele mercado demandava. Era preciso um produto realmente diferente – talvez uma inovação radical – e a idéia de um aparelho com 3 lâminas foi a escolhida.
Até mais do que objetivando uma melhoria no desempenho, a terceira lâmina é uma jogada de marketing da empresa, no sentido em que desperta muita atenção nos consumidores. Foi então que surgiu, em 1998, um campeão de vendas: o GILLETTE MACH3. Da prancheta à fábrica, o desenvolvimento do produto custou US$ 750 milhões. É quase o investimento necessário para a criação de um modelo de automóvel e 3 vezes mais do que o consumido pelo antecessor do Mach3, o Sensor, primeiro barbeador com lâminas flutuantes, que levou 20 anos para chegar ao mercado.-
No dia do lançamento do Mach3, o presidente da GILLETTE, Alfred Zeien, foi à Bolsa de Valores de Nova York promover o novo produto. Na abertura do pregão, ele anunciou as qualidades e vantagens do aparelho e ofereceu ao presidente da Bolsa de Valores a oportunidade de se barbear com o Mach3.
Este último, um senhor tipicamente barbudo, aceitou a oferta, pediu licença e se retirou do salão. Voltou alguns minutos mais tarde, sem a barba, com o rosto completamente limpo, falando maravilhas do aparelho e afirmando “nunca ter visto nada parecido”. Nesse momento, as ações da GILLETTE na Bolsa de Nova York subiram por volta de 6%. A GILLETTE destinou uma verba de US$ 300 milhões para a campanha de divulgação do novo barbeador no primeiro ano de seu lançamento.
Com este lançamento, cada vez mais, consolidava-se o reconhecimento da GILLETTE como líder do mercado de lâminas para barbear. A Procter & Gamble comprou a empresa em 2005 por impressionantes US$ 57 bilhões.-
A linha do tempo
1916
 Introdução do GILLETTE Milady Décolletée, barbeador voltado especificamente para mulher.1953
 O creme para a barba GILLETTE Foamy foi introduzido no mercado, tornando-se um enorme sucesso. A espuma de barbear era rica e densa, lubrificando a pele, tornando o barbear mais rente e suave.1960
 Lançamento do desodorante Right Guard, que rapidamente conquistou 25% do mercado americano. Inicia-se a comercialização da Super Blue, a primeira lâmina revestida, outro grande sucesso desde o início.1971
 Lançou no mercado o conceito de duas lâminas paralelas no barbeador TRAC II, diminuindo assim a irritação facial ao se fazer à barba. Outro lançamento deste ano foi o barbeador descartável com duas lâminas chamado GOOD NEWS. Este aparelho podia ser encontrado em três versões: Original, Plus (com fita lubrificante) e Pivot Plus (com fita lubrificante e cabeça móvel).1977
 Lançou no mercado o barbeador GILLETTE ATRA, um novo sistema de barbear de lâminas paralelas de ação móvel, ou seja, onde a cabeça do aparelho tem liberdade para se mover (se inclinar) em relação ao cabo, possibilitando melhor ajuste à superfície do rosto.1985
 Introdução do GILLETTE ATRA PLUS, a versão original com fita lubrificante, que em contato com a água, permitia que a lâmina deslizasse suavemente sobre a pele, tornando ainda mais confortável e seguro o ato de barbear.1990
 Introduziu no mercado o barbeador GILLETTE Sensor, um dos produtos de maior sucesso da empresa e o primeiro a ter um sistema de mola nas lâminas. Foram vendidos 24 milhões de lâminas em menos de um ano. Isto significava, que após 11 meses de lançamento, a cada 4 sistemas de aparelho de barbear nos Estados Unidos, 1 era Sensor. Até meados de 1992, o Sensor já havia sido lançado com sucesso em todos os continentes (mais de 50 países), superando a espetacular marca de 40 milhões de aparelhos vendidos.1992
 Introduziu o Sensor for Women, primeiro produto projetado exclusivamente para o público feminino. Jill Shurtleff, que concebeu o produto, não parou enquanto não conseguiu colocar nas mãos das mulheres um aparelho eficaz e seguro para usar em todas as situações.
● Neste mesmo ano lança a primeira linha de produtos GILLETTE SERIES, composta por desodorante anti-transpirante, gel e creme de barbear, além de duas colônias pós-barba.
1995
 Introduziu o Sensor Excel, primeiro barbeador a incluir MicroFins na cabeça do cartucho, uma peça de borracha que levanta o pêlo permitindo um barbear mais rente e com menos irritação. A versão feminina – Sensor Excel for Women – foi introduzida pouco depois.1998
 O barbeador GILLETTE MACH3 foi introduzido no mercado. As principais características do produto, que fizeram deste um dos maiores sucessos da história da GILLETTE, era o alinhamento progressivo das três lâminas (fatias ultrafinas de carbono, quase da espessura de um fio de cabelo), aliado à nova tecnologia de afiação e ao sistema de pivôs avançados que garantem um barbear mais rente, confortável e com menos irritação.Continha ainda uma fita lubrificante indicadora, que facilitava o deslizar da lâmina sobre a pele e indicava o momento de troca do cartucho. Pouco depois, a versão feminina do MACH 3, chamada GILLETTE Venus, foi lançada no mercado.
2004
● Lançamento do GILLETTE MACH3 POWER, versão do modelo original com bateria.2006
 Lançamento do GILLETTE FUSION, que possui um cartucho de cinco lâminas na parte da frente, 30% mais próximas umas das outras do que as do Mach3. Segundo pesquisas, desta maneira, é criada uma “superfície de barbear” que distribui melhor a força empregada, resultando em um barbear mais confortável e que irrita menos a pele. Outra novidade do aparelho é o “Precision Trimmer”, uma lâmina única na parte de trás do cartucho especialmente desenvolvida para aparar costeletas, barbear abaixo do nariz e cortar cabelos nos locais em que é preciso uma boa “pontaria”. A linha também inclui uma versão com bateria que custa US$ 11.99.
O Fusion Power é o primeiro barbeador com um microchip “on board”, que tem a função de regular a voltagem e a freqüência dos movimentos das lâminas. Uma luz indicativa avisa quando a pilha (do modelo palito) está acabando e, para economizá-la, o aparelho desliga-se automaticamente após oito minutos de operação, em caso de ativação acidental.-
A linha Prestobarba de aparelhos de barbear, mais usada no Brasil, foi lançada no ano de 1976 e até hoje faz parte do dia-a-dia de homens e mulheres. O produto foi o primeiro aparelho de barbear descartável de lâminas paralelas do mercado brasileiro. O aparelho que “a primeira faz Tchan, a segunda faz Tchun e Tchan Tchan Tchan Tchan!” é utilizado por 1 em cada 3 usuários de aparelhos descartáveis no Brasil.
A evolução visualO logotipo da GILLETTE mudou muito desde 1901, tendo sua última alteração feita em 1991 como podemos ver na imagem abaixo.--

Campanhas que fizeram história
Em 1976, a GILLETTE teve o desafio de criar uma nova categoria de produto dentro do mercado de lâminas e aparelhos de barbear ao lançar o primeiro aparelho descartável brasileiro, o Prestobarba. Na época a empresa era líder de mercado, mas não sabia o que esperar de um produto cujo propósito era formar o hábito de consumo.
Em dois anos as vendas de Prestobarba triplicaram, atingindo um volume compatível com o investimento feito em mídia para disseminar o conceito de uso de uma lâmina descartável. Com esse desafio em mente, a empresa desenvolveu uma estratégia de comunicação para massificar e popularizar o uso do produto nas classes B, C e D. A solução criativa encontrada gerou uma das campanhas publicitárias mais famosas da história do mercado brasileiro, caracterizada pelo bordão “A primeira fez tchan, a segunda faz tchum e tchan tchan tchan tchan!”, que remetia às duas lâminas e à praticidade na utilização do produto.-O filme de estréia, intitulado “Pai e filho”, foi veiculado pela primeira vez em julho de 1980 e mostrava um jovem radiante fazendo a barba. O pai surpreende o filho no banheiro e o questiona se está tudo bem. Ele de pronto responde: “Tudo bem. Tudo azul. Curtindo meu azulzinho (cor do produto na época)”. Na seqüência o jovem explica os atributos do Prestobarba e entoa o clássico slogan.
A produção se encerra com o pai, encantado, seguindo os passos do filho em frente ao espelho. A ação permaneceu na mídia por cerca de cinco anos e gerou outros três comerciais. A absorção do bordão entre o público e dentro da própria empresa foi tão grande que o “Tchan tchan tchan tchan” foi relançado duas vezes. A primeira em outubro de 2001 com a campanha promocional “Prestobarba dá um tchan tchan tchan tchan na sua vida”, estrelada pelo cantor sertanejo Leonardo. A segunda, em 2003, quando a empresa repetiu a dose, mas dessa vez com a participação do craque do basquete Oscar e seu filho.Atualmente a campanha Gillette Champions, que, por meio da imagem de quatro grandes atletas (os jogadores Kaká e Thierry Henry, o golfista Tiger Woods e o tenista suíço Roger Federer), tem o objetivo de fortalecer o vínculo emocional entre a marca e o público masculino, personificando “o melhor para o homem”.
Os slogans
Innovation is Gillette.
The best a man can get.
 (O melhor que um homem pode alcançar - 1989)
Look sharp, feel sharp. (década de 40)
O melhor para o homem. (Brasil)

Dados corporativos
● Origem: Estados Unidos● Fundação: 1901
● Fundador: King Camp Gillette
● Sede mundial: Boston, Massachusetts● Proprietário da marca: Procter & Gamble● Capital aberto: Não (subsidiária)
● CEO & Presidente: Robert A. McDonald● Faturamento: US$ 10.5 bilhões (estimado)
● Lucro: Não divulgado
● Valor da marca: US$ 22.841 bilhões (2009)
● Fábricas: 31● Presença global: + 200 países
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 29.000● Segmento: Higiene e cuidados pessoais● Principais produtos: Aparelhos de barbear, cremes de barbear, desodorantes● Ícones: Os aparelhos descartáveis
● Slogan: The best a man can get.
● Website: 
www.gillette.com
-
O valor 
Segundo a consultoria britânica InterBrand, somente a marca GILLETTE está avaliada em US$ 22.841 bilhões, ocupando a posição de número 13 no ranking das marcas mais valiosas do mundo. 
=
A marca no mundo
Hoje a GILLETTE é uma das poucas marcas que pode ser considerada global. Além de estar presente em mais de 200 países e territórios, a GILLETTE leva para todos eles um mesmo produto.
O MACH3 que você encontra ali na esquina, é o mesmo vendido em qualquer supermercado no Japão. A empresa, que possui faturamento de US$ 10.5 bilhões, emprega aproximadamente 29.000 pessoas no mundo todo e opera 31 fábricas em 14 países. Uma de suas fábricas está localizada na cidade de Manaus, atendendo o mercado local e exportando para as Américas, Europa e Estados Unidos.
-Você sabia? Quase 1 bilhão de pessoas usam um produto GILLETTE todos os dias.
FONTE: MUNDO DAS MARCAS  - http://darleisimioni.blogspot.com.br

Merchandising, conceito e percepção.

Merchandising, conceito e percepção.
O que é Merchandising?
Gosto muito da definição da autora Regina Blessa: “é o conjunto de técnicas responsáveis pela informação e apresentação destacada dos produtos na loja, de maneira tal que acelere sua rotatividade.”
Merchandising é uma atividade muito antiga, nasceu praticamente junto com a venda, pois desde que os homens da Idade Média começaram a escolher as ruas principais para expor suas mercadorias, gritando, correndo para todos os lados e concorrendo com os demais mascates para chamar a atenção das pessoas para seus produtos, já se estava fazendoMerchandising.
Passando-se os anos, ele só foi evoluindo, a palavra, foi criada junto com o Marketing nos Estados Unidos na década de 30, foi nessa época que as lojas de balcão começaram a perceber o sucesso das vitrines e notar que as mercadorias expostas tinham um giro muito maior comparado às que ficavam atrás do balcão. Assim, aos poucos, foram-se transformando em lojas de auto-serviço.
Muitos anos depois surgiram os supermercados, onde então o Merchandising era feito para dar destaque a todas as mercadorias e isso começava a partir de um layout da loja, prateleiras, corredores e produtos em promoção.
Atualmente, o Merchandising é algo muito mais completo que procura acompanhar todo o ciclo de vida de um produto, desde a sua imagem para os PDV´s até o acompanhamento de seu desempenho diante dos consumidores, e é considerada a mídia mais rápida e eficaz, pois é a única em que a mensagem conta com os principais elementos para a venda ser efetuada: consumidor, produto e dinheiro.
Abaixo segue algumas dicas para se planejar um bom Merchandising.
  • Descobrir qual a imagem visual que seu produto tem no PDV;
  • Encontrar um diferencial entre o seu produto aos dos concorrentes;
  • Atender as necessidades do seu público-alvo;
  • Planejar objetivos para os PDV´s e porcentagem esperada de vendas;
  • Analisar todos os resultados de ações nos PDV´s, para saber os erros e acertos;
  • Sempre agregar valor ao produto com degustações. Promoções  e demonstrações;
  • Ouvir sempre os varejistas e consumidores;
  • Investir em novidades;
  • Criar materiais simples e fáceis de montar;
  • Agilidade para repor estoques;
  • Conversar muito com a equipe de Merchandising, pois eles ficam 99% do tempo nos PDV´s e têm informações valiosas para lhe passar;
  • Flexibilidade e descentralização de decisões; e
  • Nunca corrigir falhas de preços com promoções, pois sempre estará promovendo o concorrente.
Às vezes fica muito complicado para uma empresa acompanhar todos os passos acima, pois requer mão-de-obra qualificada, e isso significa alto investimento. Assim, uma boa opção é terceirizar a equipe de Merchandising, pois existem excelentes agências especializadas, e que trarão bons resultados.