QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

sábado, 30 de abril de 2011

O que significa "feira" nos dias da semana?

Hoje é Sexta-Feira. Você sabe porque?

Todo mundo sabe os dias da semana, não há quem não saiba: Segunda-Feira, Terça-Feira, Quarta-Feira, Quinta-Feira, Sexta-Feira, Sábado e Domingo.

Mas basta aprender algum outro idioma e aí começa o nó. Cadê o Feira? 

Vamos ver no inglês: Monday, Tuesday, Wednesday, Thursday, Friday, Saturday, Sunday.

Perceberam que não tem nada a ver?
De onde então vem os nomes dos dias da semana, tanto em português como em outras línguas? 

A charada não é tão difícil de matar assim. Primeiro no Inglês. Todos eles vem do antigo inglês, que muitas vezes é derivado do antigo alemão ou holandês (quem diria, hã?):
  • Monday = Moon's Day = Dia da Lua
  • Tuesday = Tyr's Day = O dia de Tyr / Marte
  • Wednesday = Wodne's day = Wonden Day = Dia de Wonden / Mercúrio
  • Thursday = Thunor's day = Thor Day = Dia de Thor / Jupter
  • Friday = Frige's Day = Frige Day = Dia de Frige / Vênus
  • Saturday = Saturn's Day = Saturn Day = Dia de Saturno
  • Sunday = Sun Day = Dia do Sol
Os nomes são antigos, tiveram poucas mudanças e vem das culturas pagãs. Alguns nomes mudam conforme a língua, e em geral, os que apresentam certa diferença são na língua Espanhola, nas línguas árabes e para os Judeus. Mas na sua maioria, os nomes tem a ver com Deuses, ou épocas do ano.

Dos nomes em inglês, o nome mais recente é o de sábado, que foi mudado para um Deus da mitologia romana, ao contrário dos antigos Deuses escandinavos.

 Mas isso tudo não responde porque hoje é Sexta-Feira.

 Martinho de Dume, um bispo de Braga e de Dume considerado santo pela Igreja Católica, que tomou a iniciativa de nomear os dias que antecediam a pascoa (semana Santa) com nomes litúrgicos.

Daí surgiram Prima Feria, Secunda Feria, Tertia Feria, Quarta Feria, Quinta Feria, Sexta Feria, Sabbatum. "Feira" vem de feria, que, em latim, significa "dia de descanso".

O termo passou a ser empregado no ano 563, após um concílio da Igreja Católica na cidade portuguesa de Braga - daí a explicação para a presença do termo somente na língua portuguesa.

 Após algum tempo, os dias da semana foram adotados para a semana de todo o ano, já que os nomes vinham primordialmente de Deuses pagãos, e como Portugal sempre teve raízes fortes católicas, optou por substituir em seu país, e em suas "colônias".

 Mas mesmo a igreja católica não conseguiu fugir pra muito longe dos dias "pagãos" ou de outras origens.

  • Sábado tem esse dia por causa do Shabbat, o dia de descanso dos Judeus, literalmente o "Dia do Senhor". 
  • Hoje Domingo é o dia de descanso, com exceção de algumas vertentes do Cristianismo e para o Judaísmo, que continua tendo o sábado como "dia do Senhor".
 Sobre o Domingo
 O imperador romano Constantino influenciou em grande parte na inclusão de dogmas na igreja cristã baseados em tradições. O Domingo foi instituído dia de descanso através do Edito de Constantino, do ano de 321, que dizia:

 "Que todos os juízes, e todos os habitantes da Cidade, e todos os mercadores e artífices descansem no venerável dia do Sol. Não obstante, atendam os lavradores com plena liberdade ao cultivo dos campos; visto acontecer amiúde que nenhum outro dia é tão adequado à semeadura do grão ou ao plantio da vinha; daí o não se dever deixar passar o tempo favorável concedido pelo céu." (in: Codex Justinianus, lib. 13, it. 12, par. 2.)

 O culto ao Deus Sol
 Essa escolha se deu por 2 motivos. Em muitas culturas, o Deus maior é o Deus Sol, chamado de Rá pelos Egípcios e reverenciado por culturas desde civilizações Européias até Africanas e Americanas.

O nascimento de Jesus, segundo registro se deu em 7 de Janeiro. Porém em torno do dia 25 de Dezembro eram comemoradas as festividades pagãs do solstício de inverno. Também era considerado as festividades da saturnália, em honra ao Deus saturno (entre os dias 17 e 22 de dezembro) e era tido também como o nascimento do misterioso deus persa Mitra, o Sol da Virtude. Tudo girava em torno do Sol, inclusive o dia, "dia do sol". 

Assim, em vez de proibir as festividades pagãs, forneceu-lhes um novo significado, e uma linguagem cristã. Biblicamente, Jesus é o "sol de justiça" (Malaquias 4:2) e a "luz do mundo" (João 8:12). Mas a transição do nascimento de Cristo mudou com o tempo. Em 321 foi instituído o dia de descanso, aos Domingos. Em 325 o Primeiro Concílio de Nicéia confirmou a tradição apostólica, e estabeleceram universalmente o primeiro dia da semana como sagrado, substituindo o "Dies Solis" para "Dies Domenica" em memória à Ressurreição, sendo o primeiro dia da semana o Dominicus, ou seja, o Domingo.

Já a mudança da festividade do solstício de inverno para o nascimento de Jesus aconteceu só em 336. Afinal, o dia do Sol já era o dia do Senhor.

 Assim a Prima Feria virou Dominicus. Foi Constantino também que instituiu definitivamente a semana com 7 dias, e a escolha não foi aleatória. Os romanos adotavam semanas com 8 dias à época. Os babilônios já dividiam o ano em conjuntos de sete dias, e constava na bíblia que o Senhor havia criado o mundo em 6 dias e descansado no sétimo.

 PS: Braga atualmente é uma cidade portuguesa, porém à altura do concílio, Portugal não era independente, e Braga pertencia ao reino dos suevos.

Copiado do blog > http://oveneta.blogspot.com/


Um comentário:

  1. Você quis dizer "copiado do blog http://desplugue.blogspot.com/2011/02/porque-hoje-e-quinta-feira.html" NÉ? -.-'

    ResponderExcluir