QUEM SOU EU

Minha foto

Administrador de Empresas(UEMA), Mestrado em Administração(FGV-RIO), Professor Universitário (FAMA/UFMA), Ex-Presidente do CRA-MA, Ex-Conselheiro Federal de Administração - CFA, Empresário (DEPYLMAR, ), Ex-Conselheiro Fiscal da ANGRAD, Vogal da Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA)Consultor de Empresas, Avaliador do INEP/MEC, Maranhense de Pedreiras, filho de Valdinar e Cavalcante Filho, Casado (Graça Cavalcante), 02 Filhos (Nathália Johanna e Diego Henrique), apaixonado pelo Moto Club de São Luís, Botafoguense de Coração e Feliz da Vida...

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Empresário brasileiro está mais otimista em 2010

Por Raphael Hakime - R7A-A+

O empresariado brasileiro está mais otimista em relação à economia brasileira em 2010, segundo pesquisa divulgada nesta terça-feira (2) pelo Lide (grupo de líderes empresariais) em parceria com a FGV (Fundação Getúlio Vargas), durante seminário Brasil preparado para crescer do Lide (grupo de líderes empresariais), em São Paulo.

Para 74% dos empresários, os negócios neste ano estão melhores que em 2009. A contratação de novos trabalhadores está prevista para 70% dos empresários e somente 4% devem demitir. O valor alto dos impostos ainda continua sendo a queixa da maioria dos empresários (74%). O Lide reúne 750 empresários, ou seja, que respondem por 44% de tudo que é produzido no país.

O presidente do grupo Lide, João Dória Jr, afirmou que o objetivo do grupo de empresários é que a agenda do governo, ou seja, os projetos voltados ao país, tenham objetivos econômicos e não políticos.

- É importante prosseguir os investimentos em educação, promover a reforma tributária, a reforma política, aumentar a eficiência do setor público e eliminar a corrupção.

Para Ivan Zurita, presidente da Nestlé, o cenário econômico apresentado neste ano aponta para um crescimento sustentável.

- Os fundamentos estão dados: voltamos a receber investimento estrangeiro, as reservas brasileiras superam R$ 442,5 bilhões (US$ 240 bilhões), o empresariado está entusiasmado e as empresas estão mais resistentes. A perspectiva tem que ser positiva mesmo.

Para Abilio Diniz, presidente do Grupo Pão de Açúcar, o governo acertou em priorizar o consumo interno, ou seja, a demanda interna do país, em relação às exportações. O empresário afirma que o cenário apresentado na economia brasileira é para se comemorar.

- É preciso estimular o consumo e não o consumismo. Houve a redução dos impostos de produtos essenciais por parte do governo, o que significava [no início da implantação dos programas] o não adiamento das compras [por parte do consumidor]. Nas reuniões com investidores estrangeiros, sinto alegria em ser brasileiro. O Brasil vive um momento sensacional.

O Lide é uma associação de empresários, formado por líderes de corporações nacionais e internacionais, que promove a integração entre as empresas, organizações e entidades privadas, por meio de programas de debates, fóruns de negócios, atividades de conteúdo, iniciativas de apoio à sustentabilidade e responsabilidade social.

Fonte: http://noticias.r7.com/economia/noticias/empresarios-brasileiros-estao-otimistas-com-a-economia-20100202.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário